Xiaomi confirma Mi 6 com 6 GB de memória RAM

Por Redação | 17.04.2017 às 09:54

A Xiaomi segue rodeada de muitos mistérios em relação ao Mi 6. Após vários rumores sobre a data de lançamento do aparelho e supostos vazamentos de sua configuração, eis que a própria empresa decidiu trazer informações oficiais sobre o aparelho e começou a fazer sugestão daquilo que devemos realmente encontrar quando o smartphone for realmente anunciado nesta quarta-feira (19). E a primeira confirmação é que o dispositivo virá com incríveis 6 GB de RAM ao invés dos 4 GB que se especulava inicialmente.

A revelação foi feita em um breve comercial liberado pela fabricante. Batizado de 666, o vídeo brinca com a origem histórica da China e confirma os 6 GB de memória. Além disso, a própria imagem final do trailer dá destaque ao dígito seis, deixando mais do que claro que a intenção da Xiaomi é fazer uma relação entre o nome do dispositivo e a sua potência.

Como lembra o site Xiaomi Today, a combinação de um processador Snapdragon 835 com 6 GB de RAM superaria os resultados que serviços de benchmark, como AnTuTu e Geekbench, já haviam previsto. Assim, o smartphone chinês teria poder para superar até mesmo o iPhone 7 Plus. Vale lembrar ainda que todo esse poderia é algo que já faz parte do histórico da fabricante, que já tinha conseguido um excelente desempenho com seu aparelho anterior, o Xiaomi Mi 5.

O comercial 666 é o terceiro de uma série de vídeos que a empresa vem fazendo para promover o Mi 6 na China, o que deve acontecer ainda nesta semana. Nas propagandas anteriores, a companhia confirmou a presença de câmera dupla e um design mais curvo nas extremidades. Porém, ainda restam algumas dúvidas em relação ao que está por vir, como a suposta tela curva, um botão Home tocável aos moldes do que foi feito com o Xiaomi Mi 5s e a retirada da entrada para fones de ouvido.

Por conta disso tudo, a apresentação desta semana se torna um dos eventos mais aguardados deste mês. Ao longo de todo esse começo de ano, vimos vários rumores sobre o lançamento do Xiaomi Mi 6, principalmente após o anúncio do Galaxy S8, quando os boatos apontavam para um hardware ainda mais poderoso do que o mostrado pela Samsung. No caso da fabricante chinesa, a expectativa não gira em torno somente das especificações monstruosas, mas do fato de isso estar aliado a um preço bem mais acessível do que o restante da concorrência. Essa sempre foi uma das características da Xiaomi e que ajudou a torná-la uma das queridinhas do consumidor. Só é uma pena que a marca não esteja mais oficialmente no Brasil.

Via: Xiaomi Today