Windows 10, Spartan e HoloLens: o que podemos esperar da Build 2015?

Por Redação | 28.04.2015 às 14:26

A Microsoft está se preparando para um dos seus eventos mais importantes do ano: nesta quarta-feira (29) a empresa dá a largada de sua conferência de desenvolvedores Build, em São Francisco, com o desafio nada simples de mostrar para consumidores, empresas e, principalmente, desenvolvedores qual o verdadeiro valor da nova versão de seus sistema operacional, o Windows 10.

É claro, o Windows 10 deve receber a maior parte da atenção durante o evento, mas ele não estará sozinho na lista de novidades da empresa: a expectativa é que a Microsoft fale sobre Internet das Coisas, Office 365, novidades na área de smartphones e, é claro, tenha um foco grande nos desenvolvedores. Por isso, reunimos aqui algumas das principais expectativas para a conferência.

Windows 10 no holofote

Não há como negar que as maiores expectativas do evento girem ao redor das novidades sobre a nova versão do Windows. Apesar do desenvolvimento do Windows 10 estar bastante próximo do público, através do sistema ativo de feedbacks do programa Insider, ainda há muita coisa que o público espera que a Microsoft revele durante a conferência.

Apesar de dominar o ambiente de computadores de consumidores e empresas, a gigante dos softwares quase não tem espaço dentro do mercado móvel e de novas plataformas que são cada vez mais importantes para esses mesmos consumidores e empresas. Por isso, o Windows 10 é, de certa forma, a esperança da Microsoft de resgatar o interesse de desenvolvedores em suas plataformas. Parte importante do sistema, por exemplo, é que ele deverá trazer códigos unificados para todas as plataformas Windows: isso significa que devs poderão criar um único código para apps que funcionarão em desktops, dispositivos móveis, TVs e até no console Xbox.

Por isso, a expectativa é que a empresa dê mais detalhes sobre algumas iniciativas do Windows 10, como a proposta de passar a comercializar o sistema operacional como SaaS (software como serviço), em um formato que libere atualizações mensais ao OS. Da mesma forma, é esperado que a Microsoft apresente uma data oficial de lançamento da nova versão, assim como as datas de implementação do OS em plataformas como o Xbox One e os smartphones Lumia. Ambos são detalhes importantes para que desenvolvedores comecem a embarcar no sistema operacional.

Hora de conhecermos o Spartan

Também são aguardadas novidades sobre os planos da empresa ao redor do Projeto Spartan, o sucessor do navegador Internet Explorer que habitará o Windows 10.

Revelado no final do mês passado em uma build do Windows 10, o novo navegador traz algumas funções interessantes, como integração com a assistente Cortana, anotações diretamente no aplicativo, informações na barra de endereço e navegação minimalista.

Só falta uma coisa: um nome. Até agora, a empresa ainda não tem um nome oficial para o browser, mas a expectativa é que a nova marca seja revelada já na quarta-feira. Além disso, é possível que a empresa também fale sobre qual o futuro do Internet Explorer, principalmente dentro das versões enterprise do Windows.

E como fica o Windows Phone?

Ainda sobre o Windows 10, mas como foco nos smartphones, também existe a expectativa de que a Microsoft dê mais detalhes sobre como a nova versão do sistema operacional vá se comportar em plataformas móveis – em especial nos dispositivos de tela maior. Entre as funções que o novo sistema deve trazer para os smartphones estão comandos de gestos usando sensores e um desbloqueio de tela usando a imagem do rosto do usuário.

Durante o Build, a empresa também deverá revelar uma nova forma para desenvolvedores importarem aplicativos desenvolvidos para Android e iOS para o Windows Phone. A baixa oferta de apps para seus smartphones é um dos principais motivos dos dispositivos da empresa amargarem um marketshare de apenas 3% no mercado móvel; e as ferramentas podem ser uma ajuda valiosa.

Vale lembrar que nós já estamos nos aproximando da data de lançamento do Windows 10 e que já existem inclusive rumores de que nós podemos ver dispositivos rodando o sistema operacional já na IFA 2015. Além disso, é sabido que a Microsoft está trabalhando em ao menos quatro novos dispositivos Lumia. Entre eles, o sucessor do top de linha Lumia 930, o suposto Lumia 940, que pode ser apresentado ao público com o Windows Phone 8.1 GDR2 enquanto o Windows 10 ainda não é lançado oficialmente.

HoloLens

Mostrado pela primeira vez no evento da Microsoft realizado na sede de Redmond em janeiro, os óculos de realidade virtual HoloLens rodando a plataforma Windows Holographic permitem que usuários vejam hologramas na sua frente e usem gestos e comandos de voz para interagir com programas, navegação na internet ou até games.

Durante o evento, um protótipo estava disponível para os visitantes, mas a expectativa é que agora a Build traga uma demo maior do produto. Além disso, a empresa deverá passar mais detalhes sobre como os Windows Apps deverão funcionar com o HoloLens, além de falar sobre uma possível versão para desenvolvedores do headset. Apesar disso, ainda parece um pouco cedo para falarmos de preço ou disponibilidade para consumidores finais, então isso deve ficar de fora do evento.

Internet das Coisas

A Internet das Coisas não é só mais um tendência, mas uma realidade e uma aposta forte da Microsoft. Durante o Build, é possível que a emrpesa dê mais detalhes sobre seus projetos na área, como a versão gratuita do Windows 10 que estará disponível para dispositivos construídos com o Raspberry Pi 2. Até agora a empresa não fez nenhuma demonstração de como a integração deverá funcionar, o que pode ocorrer durante a conferência.