Verizon quer tornar o Yahoo um forte concorrente no mercado publicitário online

Por Redação | 26 de Julho de 2016 às 19h58
photo_camera Yahoo

Depois de anunciar a compra do Yahoo! por US$ 4,8 bilhões, a Verizon tem planos ainda maiores para sua nova aquisição. A empresa aposta que a compra dos ativos web do Yahoo pode ser uma boa arma e quer torná-lo um "player importante" da publicidade na internet, deixando-o hábil para competir com Google e Facebook no quesito participação de mercado. A companhia também demonstrou interesse em adquirir outras empresas de mídia digital, evidenciando sua disposição em marcar território no mercado online.

A Verizon já havia adquirido a AOL no ano passado por US$ 4,4 bilhões e acredita que dará um "salto exponencial" com a junção das duas empresas. "Nós vamos desafiar Google e Facebook? Eu acabei de dizer, olha, estamos pensando em ser um player importante. O mercado vai crescer exponencialmente", disse Lowell McAdam, presidente executivo da empresa em entrevista nesta terça-feira (26) ao jornal Financial Times. "Somos um pequeno player hoje em relação a eles, então tudo o que precisamos fazer é conquistar mais do que nossa parcela de mercado, e certamente esperamos fazer melhor do que isso", disse o CEO.

Será uma longa jornada até que isto se concretize. De acordo com alguns analistas as receitas do Yahoo devem cair 14% este ano. Por outro lado, o Google e o Facebook detêm 50% de todo o mercado publicitário na web, enquanto AOL e Yahoo ficam com apenas 6%.

O CEO não quis comentar durante a entrevista sobre uma escala de corte de custos que a Verizon fará em sua nova aquisição. McAdam citou que a companhia já vê certo entusiasmo entre os anunciantes, que desejam uma alternativa aos "dois gigantes". Ele ainda salientou que 1 bilhão de visualizações por mês pode dar à Verizon uma escala suficiente para montar um robusto desafio.

O presidente-executivo também falou sobre algumas áreas nas quais a empresa pode estar interessada, como esportes, por exemplo, tendo inclusive já feito contato com algumas neste ramo, dentre eles Roger Goodell, comissionário da Liga Nacional de Futebol dos EUA e Adam Silver, da Liga de Basquete NBA.

A receita operacional da Verizon até junho havia caído mais de 5%, para um total de US$30,5 bilhões. A divisão de telefonia da empresa captou apenas 86 mil novos clientes pós-pago, enquanto os analistas esperavam 208 mil.

Fonte: ConvergeCom

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!