Verizon destaca executivo da AOL para estudar aquisição do Yahoo!

Por Redação | 10 de Fevereiro de 2016 às 08h16

Nenhuma conversa oficial ocorreu e nem mesmo uma proposta foi feita, mas a Verizon continua falando – e agindo abertamente – na direção de uma possível compra do Yahoo!. Depois de afirmar publicamente que estaria de olho na empresa de internet, agora a operadora teria destacado um de seus principais executivos, Tim Armstrong, para estudar a aquisição e explorar as possibilidades que uma fusão desse tipo poderia trazer.

Armstrong é CEO da AOL, uma das principais operadoras dos primórdios da internet e que desde 2015 faz parte do rol de serviços conectados da Verizon, uma das grandes provedoras de serviços de telefonia móvel, TV por assinatura e telecomunicações. Com a aquisição do Yahoo!, a ideia seria criar um grande conglomerado não apenas de prestação de serviços, mas também de conteúdo, de olho no faturamento publicitário.

O grande ponto central dessa estratégia seria o go90, um serviço de streaming de vídeo que vem ganhando popularidade nos Estados Unidos e poderia se tornar casa de todo o conteúdo disponibilizado pela Verizon. Trazer o tráfego do Yahoo! para si, além dos serviços de e-mail e finanças, seria uma alternativa altamente interessante para criar uma plataforma completa, dentro da qual os usuários estariam trafegando.

Ajuda muito, também, o fato de que Armstrong e a CEO do Yahoo!, Marissa Mayer, têm uma amizade de anos. Ambos foram executivos de cargos importantes do Google antes de saírem da gigante para coordenarem as companhias em que estão hoje. Além disso, especialistas apontam que a visão de negócios da dupla seria parecida, o que ajudaria na criação de um negócio favorável para ambas as partes.

Oficialmente, Mayer afirma que o Yahoo! não está à venda. Uma boa parcela de seus acionistas, entretanto, vem pressionando a diretoria para esse tipo de movimento diante das perdas cada vez maiores que vêm sido registradas pela empresa, além do fracasso de diversos projetos voltados a aumentar o faturamento. Para muita gente, cada vez mais o caminho da aquisição está mais pavimentado e, ao contrário de tantas outras companhias com problemas, a empresa de internet tem a Verizon como grande interessada. Basta que os papéis sejam assinados, aparentemente.

Fonte: Bloomberg

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.