Vendas mundiais de PCs caem pelo oitavo trimestre consecutivo

Por Redação | 13 de Outubro de 2016 às 10h22

O mercado mundial de computadores continua encolhendo, tendência que não é nenhuma surpresa e que tão cedo não deve ser invertida. De acordo com os dados do IDC e Gartner, as remessas caíram entre 3,9% e 5,7% no terceiro trimestre, respectivamente. Esse foi o oitavo trimestre consecutivo de queda no mercado de PCs, recorde absoluto na história da indústria.

Apesar das diferenças na proporção da queda, ambas as consultorias apresentam mais ou menos o mesmo cenário. O Gartner calcula que as remessas de PCs atingiram 68,9 milhões de unidades no terceiro trimestre, enquanto a IDC aponta para 67,9 milhões.

Ainda assim, são resultados melhores que o esperado, o que reflete a competitividade do mercado. Muitos fabricantes conseguiram reduzir seu inventário em 2015 e estão agora em boa posição para a segunda metade do ano. A IDC aponta também para a importância da concorrência entre HP e Lenovo pela liderança do mercado mundial, o que será ainda mais visível no último trimestre, o mais forte de todo o ano devido a época do Natal.

No ranking de vendas por fabricantes, as três principais delas, Lenovo (21,3%), HP (21,2%) e Dell (15,8%), conquistaram 58% do mercado mundial, mais que os 55% de há um ano. A Apple aparece em quarto com 7,4% e a Asus em quinto com 6,9%.

“Tem dois fatores fundamentais impactando os resultados do mercado de PCs: a extensão do ciclo de vida do computador, causada pelo excesso de dispositivos de consumo, e a fraca demanda por parte dos consumidores nos mercados emergentes”, explica o analista do Gartner, Mikako Kitagawa. “A maioria dos consumidores possuem e utilizam pelo menos três tipos de dispositivos nos mercados maduros, segundo nossas pesquisas. E entre estes, o PC não é de total prioridade, por isso os usuários não sentem necessidade de atualizar seus PCs tão rapidamente quanto antes”, acrescenta.

Fonte: BitMagazine

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.