Vendas globais de PCs caíram 5,2% no primeiro trimestre de 2015, aponta Gartner

Por Redação | 17 de Abril de 2015 às 10h54

Resultados preliminares de uma análise do Gartner mostram que as vendas mundiais de PCs totalizaram 71,7 milhões de unidades no primeiro trimestre de 2015, uma queda de 5,2% em relação ao primeiro trimestre de 2014. Segundo Mikako Kitagawa, analista principal do Gartner, "a indústria de PC recebeu um impulso em 2014 quando muitas empresas substituíram seus computadores devido ao fim do suporte ao Windows XP. Este ciclo de substituição desapareceu no primeiro trimestre de 2015".

"No entanto, esta diminuição não é necessariamente um sinal de desaceleração das vendas globais de PCs a longo prazo. As vendas de PCs móveis, incluindo notebooks, híbridos e tablets com Windows cresceram em comparação com o ano anterior. Os resultados do primeiro trimestre apoiam a nossa projeção de um declínio moderado de remessas de PCs em 2015, o que levará a uma fase de lento crescimento consistente para os próximos cinco anos", afirmou o analista.

Os resultados preliminares divulgados pelo Gartner indicam um forte crescimento em notebooks híbridos, especialmente em mercados maduros, no primeiro trimestre de 2015. A substituição de PCs por notebooks finos e leves com funcionalidade de tablet é o fator determinante para tal crescimento.

A Lenovo e HP foram as duas únicas fabricantes entre as cinco primeiras colocadas que obtiveram um aumento nas vendas de PCs no primeiro trimestre de 2015. A Lenovo se tornou um dos principais fornecedores de notebooks híbridos em mercados desenvolvidos, especialmente com a linha Yoga. Já a HP conseguiu manter a liderança no mercado americano, o mais importante em PCs do mundo.

Pela primeira vez em seis trimestres, a Dell obteve um declínio nas remessas de PCs em todo mundo em comparação com o ano anterior. A fabricante foi uma das que se beneficiaram da substituição dos computadores devido ao fim do suporte ao Windows XP em 2014. No entanto, as vendas caíram com o fim do ciclo de substituição.

Dados PCs

Nos Estados Unidos, as vendas de PCs totalizaram 13,9 milhões de unidades no primeiro trimestre de 2015, uma queda de 1,3% em relação ao primeiro trimestre de 2014. Este foi o primeiro declínio de remessas nos Estados Unidos depois de quatro trimestres consecutivos de crescimento em 2014.

"Os resultados do primeiro trimestre não são um sinal de desgraça para o mercado americano", disse Kitagawa. "A maior razão para o declínio das remessas de computadores nos Estados Unidos é atribuída aos desktops, que obtiveram uma queda de dois dígitos. Isso ocorreu, principalmente, devido ao fim do ciclo de substituição do Windows XP. Por outro lado, as vendas de PCs móveis nos Estados Unidos continuaram a mostrar um crescimento ano-a-ano e os primeiros resultados mostram que este segmento pode ter crescido cerca de 10% no primeiro trimestre de 2015".

A HP ampliou sua liderança no mercado americano, uma vez que foram responsáveis por 26,1% dos embarques. A Lenovo e a ASUS apresentaram o maior crescimento entre os cinco maiores fornecedores nos Estados Unidos, com um aumento nas remessas de 13,5% e 10,8%, respectivamente, no primeiro trimestre de 2015.

Dados PCs

As vendas de PCs na região EMEA (Europa, Oriente Médio e África) totalizaram 21,7 milhões de unidades no primeiro trimestre deste ano, uma queda de 4,4% comparada ao primeiro trimestre de 2014. O mercado EMEA experimentou tendências variadas na região. No geral, a desvalorização da moeda na zona do euro em relação ao dólar teve um impacto limitado no primeiro trimestre, mas, certamente, os preços aumentarão no segundo trimestre deste ano.

Já as vendas de PCs na Ásia e Pacífico ultrapassaram 24,3 milhões de unidades no primeiro trimestre de 2015, uma queda de 1,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O mercado chinês de PCs continua a arrastar para baixo a média regional global. Na China, tanto os segmentos comerciais como doméstico continuam cautelosos no que diz respeito às compras de PCs. As remessas de PCs na região da Ásia-Pacífico diminuíram 5,2% no primeiro trimestre. Já as vendas de PCs móveis cresceram 3,7%.

Os resultados divulgados ainda são preliminares. As estatísticas finais estarão disponíveis em breve pelo programa PC Quarterly Statistics do Gartner Worldwide.

Fonte: http://www.gartner.com/newsroom/id/3026217

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.