Verizon fecha compra do Yahoo por US$ 4,83 bilhões

Por Redação | 25.07.2016 às 06:18 - atualizado em 25.07.2016 às 20:01
photo_camera Yahoo

Após muita negociação e especulação, a Verizon finalmente “bateu o martelo” e vai comprar o Yahoo por US$ 4,8 bilhões - bolada um tanto superior aos US$ 3 bilhões estimados há alguns dias por especialistas do mercado. A informação foi publicada no domingo (24) pelo Wall Street Journal, que também disse que o negócio será anunciado oficialmente pela Verizon nesta segunda-feira (25).

O acordo inclui os negócios de internet do Yahoo juntamente com alguns de seus negócios imobiliários, e apesar de quase US$ 5 bilhões de dólares ser bastante dinheiro, esse valor não é tão alto assim se lembrarmos que o Yahoo, que foi um dos pioneiros do Vale do Silício, já teve um valor de mercado de mais de US$ 125 bilhões em seu auge. De acordo com pessoas próximas às companhias, a Verizon planeja manter a marca Yahoo em seus serviços.

A Verizon vem construindo um portfólio variado de conteúdo online com o objetivo de monetizar esses serviços por meio de publicidade. Atualmente, a companhia comanda veículos de mídia como o Huffington Post e o TechCrunch, que foram adquiridos quando a operadora de telefonia comprou o portal AOL, e a compra do Yahoo trará à empresa mais alguns milhões de clicks valiosos para a publicidade online.

Já o futuro de Marissa Mayer, CEO do Yahoo, ainda é incerto. De acordo com as fontes do jornal, a executiva dificilmente terá um papel relevante dentro da Verizon - e a CEO pretende fazer um acordo de mais de US$ 50 milhões caso tenha suas funções dispensadas após a negociação. Mas Mayer ainda tem de conduzir a venda de cerca de 3 mil patentes do Yahoo, que foram colocadas à venda em junho e têm um valor estimado de mais de US$ 1 bilhão.

Fonte: Wall Street Journal