Universidade cria dispositivo que alivia dor de injeções

Por Redação | 22 de Abril de 2015 às 09h47
photo_camera Reprodução

Não importa a idade, a força ou o tamanho: muita gente ainda tem medo de injeções. Pensando nisso, um grupo de calouros de engenharia da Universidade Rice, no Texas, criou um dispositivo que, se não tira o medo, pelo menos alivia um pouco a dor das picadas das agulhas. O dispositivo funciona de maneira similar às já conhecidas bolsas de gelo utilizadas para reduzir a dor e o inchaço de lesões.

O grupo, chamado de "Confortably Numb" (uma referência à música homônima do Pink Floyd, que significa literalmente "Confortavelmente entorpecido"), criou o projeto pensando em grupos de pessoas mais suscetíveis à dor, como crianças e idosos. O dispositivo também pode ser utilizado em procedimentos onde é necessário tomar injeções em áreas mais sensíveis do corpo, como o rosto ou a virilha. Outros procedimentos — como tatuagens e piercings — também poderão utilizar o equipamento futuramente.

Impresso em uma impressora 3D, o dispositivo possui duas câmaras — uma preenchida com nitrato de amônio e outra com água — e funciona de maneira simples: quando é torcido, a câmara superior se abre e a água entra em contato com o nitrato de amônio. O encontro entre as substâncias cria uma reação química (a mesma vista em bolsas de gelo) que esfria a tampa de metal do dispositivo. O usuário deve mexer o dispositivo para ter certeza que as substâncias estão misturadas.

Ele então é aplicado à pele do paciente, que fica completamente dormente em menos de um minuto. Desta forma, o dispositivo acelera drasticamente o processo de "anestesia" da pele, evitando o uso de medicamentos tópicos que podem demorar até uma hora para fazer efeito.

Embora seja muito similar ao processo de arrefecimento instantâneo utilizado em bolsas de gelo, o dispositivo conta com uma diferença muito importante e inovadora: as cápsulas podem ser integradas às tampas das seringas. Desta forma, o paciente pode ir se preparando e deixando sua pele adormecida enquanto a enfermeira prepara a injeção a ser dada.

Segundo Greg Allison, um dos calouros envolvidos no projeto, um dos grandes méritos desta criação é o fato de que a maioria das soluções pesquisadas pela equipe eram muito técnicas e necessitavam de habilidades que os alunos não tinham. "Neste sentido, ser limitado nos levou a criar um dispositivo bastante inovador e ao mesmo tempo simples e elegante", afirma. De acordo com os criadores, o dispositivo tem um custo estimado de US$ 2, um preço barato comparado a outras soluções que estão sendo produzidas.

Para quem tem medo de agulhas pode ainda não ser a solução ideal, mas com certeza os pacientes mais nervosos poderão ficar pelo menos um pouco mais tranquilos ao saber que além do processo ser mais rápido, a dor será muito menor.

Confira abaixo o vídeo sobre o dispositivo:

Fonte: Gizmodo

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.