Uber quer usar carona compartilhada para revolucionar transporte em Taipei

Por Redação | 09 de Novembro de 2016 às 09h57

Depois de ser ameaçado pelo governo de Taiwan de ser expulso do país, o Uber anunciou recentemente intenções de criar um novo mercado e auxiliar cidades inteligentes, como Taipei, com melhores sistemas de transporte, em vez de gerar concorrência.

Ao participar de um fórum de tecnologia em Taipei, na última sexta-feira, 4, David Plouffe, consultor estratégico do Uber, afirmou que muitos clientes da empresa não são usuários de táxi, e o Uber dá oportunidades para os motoristas obterem uma renda extra, além de suas profissões principais.

Para tentar retomar a confiança do governo taiwanês, o executivo aproveitou a ocasião para apresentar as vantagens da modalidade de carona compartilhada, conhecida aqui no Brasil como Uber Pool. Plouffe concordou que as regras legais que regulam os mercados são necessárias, e afirmou que gostaria de ajudar os governos com a mudança das mesmas para a aceitação e implementação do novo conceito naquele país.

"Queremos trabalhar com o governo de Taiwan para ajudá-lo a entender o papel da tecnologia na criação de oportunidades e atender as necessidades de transporte de Taiwan", afirmou o executivo.

Operando em Taiwan desde 2013, o Uber tem travado, desde então, uma batalha com o governo do país. Em agosto, a Comissão de Investimento de Taiwan pretendia ordenar o Uber a deixar de operar em seu mercado, pois a companhia norte-americana se apresenta inadequadamente como empresa de tecnologia em vez de um serviço de transporte. O app também está envolvido em acusações de evasão fiscal no país.

Fonte: Readwrite

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.