Uber quer levantar mais US$ 1 bilhão em investimentos

Por Redação | 26 de Outubro de 2015 às 11h28
photo_camera Divulgação

As polêmicas continuam, as proibições e regulamentações são um tema recorrente no Brasil e no restante do mundo, mas mesmo assim o Uber continua crescendo. A startup de transportes começa esta semana anunciando mais uma rodada de investimentos que pretende levantar mais US$ 1 bilhão em financiamento.

Para o que exatamente esse dinheiro será usado a empresa não revelou. Mas a ideia geral é que se trata de mais uma etapa dos planos de expansão internacional do serviço, que chegou recentemente à China de mãos dadas ao Baidu e, apesar de estar disponível em mais de 63 países, ainda está longe de ter uma presença generalizada em termo de cidades.

Com a rodada de investimentos, a Uber pode passar a ter um valor de mercado próximo dos US$ 70 bilhões, o que a coloca no topo do ranking de startups mais valiosas do mundo. Só para se ter uma noção, a companhia já ultrapassou os números estrelados do Facebook que, em 2011, anunciou ter um valor de US$ 50 bilhões e ser uma das principais companhias privadas do mundo.

A abertura de capital, porém, pode demorar um pouco mais para acontecer. O CEO Travis Kalanick negou os rumores de que esse movimento deve acontecer ainda neste ano e afirmou que o possível início nas vendas de ações do Uber ainda está distante, principalmente devido à falta de maturidade de uma empresa que, para ele, ainda está “no ensino médio”. Ele não negou que isso vá acontecer em algum momento, claro, mas disse que ainda levará alguns anos.

Os boatos mais recentes sobre uma abertura de capital vieram depois que Bill Gurley, um dos membros da diretoria do Uber, afirmou que a pior coisa para uma startup desse tamanho é se manter privada por tempo demais. O papo levou muitos analistas a entenderem isso como um sinal de que a empresa abriria suas ações em breve, mas, aparentemente, ao contrário de sua avassaladora expansão e polêmicas maiores ainda, o serviço deseja dar um passo de cada vez.

Fonte: Business Insider

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.