Uber lança ferramenta que permite agendar corridas com 30 dias de antecedência

Por Redação | 09.06.2016 às 15:40

A companhia do popular serviço de transportes está lançando nesta quinta-feita (9) uma nova função chamada "Scheduled Rides" (Caronas Agendadas, em tradução livre). O recurso vai permitir que os usuários agendem suas corridas para qualquer dia e hora por um período de 30 minutos a até 30 dias de antecedência. A ferramenta promete acabar com o estresse na hora de planejar as idas ao aeroporto ou às reuniões de negócio, por exemplo.

Em sua página oficial, o Uber destaca que o "Scheduled Rides" vai trazer mais tranquilidade aos clientes que necessitam do serviço de transportes ainda nas primeiras horas do dia, assegurando que um carro será enviado automaticamente no tempo previsto pelo usuário.

Para agendar as corridas utilizando a nova função, basta selecionar uberX no menu, escolher uma data com até 30 dias de antecedência, determinar o horário, o local de saída e o destino final. Com todos estes detalhes confirmados, o Uber envia um lembrete para o usuário com o dia da corrida ou viagem além de notificar quando o motorista da empresa está a caminho do local combinado para te buscar.

1

Inicialmente, o serviço só estará disponível na cidade de Seattle, nos Estados Unidos. A promessa é de que, muito em breve, as corridas agendadas cheguem em outras cidades na qual o Uber atua. O valor das corridas será o mesmo oferecido pela modalidade de transporte uberX e, caso o cliente queria cancelar o pedido, a empresa oferece um prazo de até cinco minutos antes de ser cobrada a taxa de cancelamento prevista na política de práticas do Uber.

O foco do Scheduled Rides são os clientes do mercado corporativo, mas nada impede que "usuários comuns" utilizem esta função. Por enquanto, o agendamento de corridas só está disponível para a modalidade uberX, mas o Uber não descarta a possibilidade de expandir o recurso para outros tipos de corrida oferecidos pelo serviço. Agora só resta saber quando a novidade chega às grandes capitais do Brasil.

Fonte: Uber