Uber encerra projeto de caminhões autônomos para focar em carros sem motoristas

Por Patrícia Gnipper | 30 de Julho de 2018 às 19h35
Tudo sobre

Uber

Há dois anos, a Uber comprou a startup de caminhões autônomos Otto, numa negociação de US$ 680 milhões. Contudo, nesta segunda-feira (30), a companhia anunciou que está encerrando o projeto em questão, visando manter o foco em sua divisão de carros autônomos.

Em comunicado, a Uber disse que decidiu "interromper o desenvolvimento do programa de caminhões autônomos para seguir adiante exclusivamente com carros", reforçando que, recentemente, a empresa deu "o importante passo de retornar às vias públicas em Pittsburgh", referindo-se à retomada dos testes com seus carros autônomos após um acidente ter causado a morte de uma transeunte.

A empresa disse, em e-mail interno obtido pelo TechCrunch, acreditar ser mais estratégico "entregar primeiro aplicações de passageiros e, em seguida, trazer aplicações de frete no futuro, sendo que este é o melhor caminho a seguir; por enquanto, precisamos do foco de uma equipe só, com um objetivo claro".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já quanto aos funcionários envolvidos com o projeto de caminhões que dispensam motoristas humanos, a empresa disse que direcionará esse pessoal a projetos relacionados à direção autônoma, com alguns deles tendo a opção de serem transferidos para a sede da companhia em Pittsburgh. A unidade de caminhões autônomos da Uber funciona em uma sede em São Francisco.

Fonte: TechCrunch, Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.