TSMC pode ter desbancado Samsung na produção de processadores para iPhone

Por Redação | 11 de Fevereiro de 2016 às 09h38

Apesar do histórico embate entre Apple e Samsung, talvez você não saiba que a arquirrival da Maçã fabrica (e sempre o fez) diversos componentes para iPhones, iPads e outros produtos. Um dos principais itens são os processadores utilizados nos vários dispositivos, que geram contratos muito lucrativos para a Samsung. No entanto, a sul-coreana não está sozinha no mercado e nos últimos anos vem dividindo a produção dos processadores com a taiwanesa TSMC (Taiwan Semiconductor Manufacturing Company), que possui toda a estrutura para bater de frente com a Samsung.

Como se a fabricante dos smartphones Galaxy já não tivesse problemas suficientes com a queda nas vendas de smartphones e também nos lucros, uma notícia recente dá outro baque nela. Isso porque, segundo reportes de sites asiáticos, a TSMC será a única fabricante dos processadores A10 do iPhone 7, que deve ser anunciado em setembro deste ano.

Um dos motivos pelos quais a Apple supostamente escolheu a empresa taiwanesa é o fato dela utilizar o processo de fabricação de 10 nanômetros (nm), que proporciona uma maior eficiência térmica e energética, além de ocupar menos espaço. Anteriormente, a companhia só produzia em processos de 20nm, enquanto que a Samsung tinha a vantagem com processos de 14nm - como pode notar, neste ponto quanto menor o processo, melhor.

Além disso, um outro motivo que pode ter levado a Apple a descartar a Samsung este ano é o fato de que os processadores fabricados pela sul-coreana para os atuais iPhone 6s e 6s Plus apresentaram problemas de performance quando comparados aos chips feitos pela TSMC - apesar da diferença ser de 2 a 3%. Outro ponto é que a Apple também pode estar querendo diminuir sua dependência da Samsung.

Relatos do MacRumors apontam que, em uma reunião recente, a TSMC informou que estaria se preparando para utilizar o processo de fabricação de 10nm em larga escala apenas no próximo ano, com um início lento agora em 2016. Dessa forma, não sabemos ao certo se a Samsung de fato ficará de fora do jogo este ano ou não.

Os iPhones 7 e 7 Plus são aguardados para setembro e deverão trazer as primeiras mudanças visuais desde que o iPhone 6 foi lançado em 2014. Uma das alterações mais drásticas poderá ser a remoção da entrada para fone de ouvido, além da eliminação da saliência da câmera e a remoção das faixas cinzas da antena na traseira do aparelho.

Fonte: ETNews (Traduzido) via MacRumors.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.