TripAdvisor lança ferramenta para mostrar hotéis sustentáveis do Brasil

Por Rafael Romer | 20.05.2015 às 08:32

O site de viagens TripAdvisor lançou oficialmente nesta quarta-feira (20) no Brasil o programa EcoLíderes, que indicará quais os hotéis e pousadas nacionais com melhores práticas de sustentabilidade cadastrados no serviço.

O programa é resultado de uma parceria com a consultoria Rainforest Alliance e com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e é realizado pelo TripAdvisor desde 2013, nos Estados Unidos. No ano passado, o projeto foi lançado em outros 66 países, como Reino Unido, Irlanda, Alemanha, França, Itália, Espanha, Austrália e Nova Zelândia e desde então certificou mais de 8 mil hospedagens.

No Brasil, o programa foi aberto para o cadastro de propriedades em dezembro, mas só agora estará disponível para consulta do público. Por aqui, são 52 hospedagens certificadas espalhadas por 16 estados e 41 cidades. Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais lideram a lista dos estados com mais propriedades sustentáveis, com, respectivamente 11, 9 e 8 hospedarias certificadas.

"Agora existe um filtro só para buscar os hotéis sustentáveis dentro do site, então se você é uma pessoa que faz questão de se hospedar em um lugar que segue padrões sustentáveis, você pode encontrá-los", explicou ao Canaltech a porta-voz do TripAdvisor no Brasil, Claudia Martinelli. Segundo um levantamento do site realizado no final do ano passado, 74% dos viajantes brasileiros indicaram que desejam escolher propriedades sustentáveis na sua próxima viagem.

Com o filtro, cada hotel agora será classificado dentro de uma categoria específica: bronze, prata, ouro ou platina, que indicará quais as práticas ecológicas adotadas. O programa leva em consideração práticas como economia de energia, consumo consciente de água e impacto social na região. Além disso, os viajantes também poderão comentar as ações dos hotéis e denunciar caso alguma informação não seja verdadeira.

Para entrar no programa, as propriedade devem preencher um formulário dentro do TripAdvisor e cumprir uma série de requisitos que serão avaliada por parceiros do serviço. Neste primeiro grupo, a maior parte das hospedarias certificadas são pequenas pousadas ou hotéis fazenda, mas a ideia é que o projeto se estenda também para grandes redes hoteleiras.

Quinze anos e perspectiva de crescimento no Brasil

Em abril, o TripAdvisor completou quinze anos de idade e hoje já é um dos maiores sites de viagem do mundo, com cerca de 300 milhões de visitantes únicos por mês passando pelo serviço.

Em 2011, o site realizou seu IPO e hoje não comenta estratégias específicas para os países no qual atua. Mas a perspectiva do site é de crescimento para o mercado brasileiro, puxado por eventos como a Copa do Mundo do ano passado e as Olímpiadas do Rio de Janeiro, em 2016. De 2013 para 2014, o crescimento foi de 89% no número de visitantes.

Na mais recente divulgação de seus resultados trimestrais, o site mostrou um crescimento de 90% na América Latina, com um total de receitas de US$ 19 milhões. Mesmo com o crescimento expressivo, a região só representa cerca de 5% do mercado global para a TripAdvisor, mas isso não significa que ela deva ficar de fora da estratégia de crescimento da companhia.

"Em breve", o Brasil deverá receber uma das novas ferramentas de monetização implementadas pelo site, apelidada de Instant Booking. Com o serviço, os usuários poderão buscar e fazer a reserva em hotéis diretamente do site do TripAdvisor, sem precisar pular de site em site após encontrar o lugar ideal - a cada reserva efetuada, o TripAdvisor recebe parte do valor.

Mesmo com o momento de instabilidade econômica, o TripAdvisor aposta no crescimento do setor de turismo no Brasil neste ano. Uma pesquisa realizada pelo site no começo do ano com sua base de usuários mostrou que o Brasil está acima da média global no crescimento no número de viajantes internacionais neste ano, que deve subir 15% em relação a 2014. O número de brasileiros que afirmou planejar visitas a outros países neste ano foi 37% maior do que no ano anterior.

"Apesar da crise, da alta do dólar, os brasileiros continuam viajando. Uma pesquisa que a gente divulgou na semana passada mostrou que metade dos brasileiros pretende gastar mais nas férias de julho", afirmou a porta-voz do TripAdvisor. "O que a gente percebeu é que entre os destinos principais dos brasileiros neste ano estão principalmente países da Europa, porque o Euro não mudou muito em relação ao real".