Time Inc. pode comprar os negócios de internet do Yahoo, afirma Bloomberg

Por Redação | 23.02.2016 às 11:53
photo_camera Reprodução/Bloomberg

A Time Inc., editora subsidiária da gigante Time Warner e responsável por algumas das mais conhecidas publicações de todo o mundo, como People, Time e Sports Illustrated, sinalizou interesse em adquirir os negócios centrais (os chamados core business) do Yahoo, garante reportagem publicada na Bloomberg nesta terça-feira (23). A companhia de internet passa por uma grande reestruturação e anunciou a venda de seus principais negócios — motor de buscas, serviço de e-mail e portal de notícias.

De acordo com a reportagem, a Time ouviu uma proposta do banco Citigroup para negociar a aquisição do Yahoo, uma das companhias mais antigas e conhecidas da internet em todo o mundo. Se concretizada, a aquisição se daria por meio do método Reverse Morris Trust, uma transação financeira na qual uma companhia se junta a um setor dividido de outra — o governo dos Estados Unidos não cobra taxas por este tipo de negócio.

Ainda segundo as fontes consultadas pela Bloomberg, que não tiveram seus nomes revelados, com a realização do negócio a atual presidente do Yahoo, Marissa Mayer, não continuaria à frente da empresa. Apesar dos rumores, nenhuma das três companhias supostamente envolvidas na negociação (Time, Citigroup e Yahoo) quiseram emitir qualquer comentário negando ou confirmado as tratativas.

Verizon e AT&T: outras potenciais compradoras

Além da Time, outras duas companhias aparecem como possíveis compradoras dos principais negócios do Yahoo. Uma delas é a Verizon, dona da AOL, cujos rumores de interesse no Yahoo vêm desde o início de dezembro de 2015. Além dela, a Bloomberg informa ainda que a empresa de telecomunicações AT&T também estaria no páreo para se tornar dona dos negócios de internet do Yahoo.

Fonte: Bloomberg