Tim Cook recebeu US$ 10,3 mi em 2015, mas não é o mais bem pago da Maçã

Por Redação | 07 de Janeiro de 2016 às 14h36

Ao contrário do que muitos poderiam imaginar, Tim Cook, CEO da Apple, não foi quem mais recebeu no último ano dentro da companhia de Cupertino. Apesar de seus rendimentos terem crescido 11,5%, com um acréscimo de 28% nas vendas e 35% nos lucros da companhia, Cook não desbancou a vice-presidente Angela Ahrendts, responsável pelas lojas online e outros departamentos da empresa.

Cook recebeu um montante de 10,3 milhões de dólares, enquanto que Ahrendts recebeu 25,8 milhões de dólares. Outro subordinado a receber um salário maior do que Cook dentro da Apple foi Luca Maestri, responsável pelo departamento financeiro da empresa. Maestri embolsou 25,3 milhões de dólares, com um aumento de 81% em salário e prêmios ganhos durante o ano.

Apesar de estar longe de receber o maior salário da Apple, Cook possui 3,1 milhões de ações da empresa, que atualmente estão avaliadas em 310 milhões de dólares. Este valor deve-se ao bom ano de 2015 da Maçã, com crescimento em boa parte dos negócios e as vendas na China, que duplicaram no último trimestre de 2015.

Outros executivos da Apple recebem US$ 1 milhão em salário-base e o máximo de US$ 20 milhões em prêmios em ações. Eddy Cue, vice-presidente sênior de software e serviços de internet, recebeu US$ 25,1 milhão em 2015, enquanto que Dan Riccion, vice-presidente de engenharia de hardware, e Bruce Sewell, conselheiro geral, receberam a quantia de US$ 25 milhões.

Via Apple Insider

Fonte: http://appleinsider.com/articles/16/01/06/apple-ceo-tim-cook-earned-103m-in-2015-angela-ahrendts-highest-paid

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.