Tim Cook cria perfil na rede social chinesa Weibo

Por Redação | 12.05.2015 às 12:51
photo_camera Divulgação

O CEO da Apple, Tim Cook, vem enfatizando o foco da companhia na China como uma nova fonte de crescimento. Agora, ele pretende se tornar ativo de uma grande rede social do país: a ferramenta de micro-blogging Weibo, que é bastante semelhante ao Twitter.

A primeira mensagem do executivo na rede social diz em inglês e em chinês: "Olá, China! Estou feliz por voltar para Pequim, anunciando novos programas ambientais inovadores". Na última segunda-feira (11), a companhia da Maçã anunciou iniciativas de projetos relacionados ao meio ambiente e sustentabilidade.

Weibo Tim Cook

Atualmente, o Weibo é uma das maiores redes sociais da China e já possui quase 200 milhões de usuários ativos mensalmente, perdendo apenas para o Tencent's WeChat, que conta com 500 milhões. Isso acontece porque, infelizmente, o Facebook e o Twitter são proibidos no país. Outras redes que ganham destaque devido a isso são o RenRen e o QQ.

Em 2014, a China se tornou o país número um em economia e, graças ao aumento da influência econômica e cultural, outros executivos norte-americanos estão aderindo ao Weibo, como o fundador da Microsoft, Bill Gates, o astro da NBA, Kobe Bryant, além dos atores Robert Downey Jr., Tom Cruise e Samuel L. Jackson.

Os assuntos tratados por Cook na rede social vão de notícias da Apple até comentários relacionados à questões sociais. Devido à repressão sobre a liberdade de expressão no país, o conteúdo deve evitar questões políticas e assuntos que envolvem a comunidade LGBT, como leis e direitos no abiente de trabalho, como o CEO faz em seu Twitter.

Via: Mashable, Apple Insider