Tesla promete trazer novidades em evento nesta sexta-feira

Por Redação | 17.07.2015 às 09:08
photo_camera Divulgação

Pelo visto, não são apenas as empresas de tecnologia que adoram fazer um mistério em relação a seus anúncios. A Tesla Motors anunciou que vai realizar um evento nesta sexta-feira (17) com a presença de seu diretor-executivo, Elon Musk, para algo que ninguém tem a mínima ideia do que vai ser. E, como esse tipo de coisa é terreno fértil para a especulação, os rumores começaram a pipocar de todos os lados.

A apresentação está agendada para às 17 horas no horário de Brasília e é quase certo que teremos algum tipo de anúncio vindo aí. E a grande pergunta diz respeito exatamente do quê, tanto que algumas apostas já começaram a aparecer para animar os fãs da marca.

O primeiro grande chute nesse sentido é a apresentação formal do tão comentado Model X, que há tempos vem sendo prometido pela montadora e que deve finalmente ser mostrado ao público. O modelo, que deveria ter sido lançado em 2013, vem sendo alvo de constantes adiamentos e pode ser que, desta vez, ele deixe de ser apenas uma promessa para, enfim, ganhar as ruas.

Além do SUV esportivo, outra possibilidade que pode aparecer no evento desta sexta-feira é o Model 3, que deve servir como um veículo intermediário da marca especializada em veículos elétricos. O sedan vem sendo tratado como uma versão light do Model S e considerado uma peça importante dentro da empresa por ser um dos primeiros carros da Tesla a ser produzido em massa.

Correndo por fora, há também a possibilidade de que a Tesla Motors não esteja se preparando para mostrar um novo carro, mas apresentar mais detalhes da Powerwall. A bateria destinada a residências e empresas foi anunciada no início de maio e pode ser que ganhe mais informações sobre seu lançamento hoje.

Seja lá o que for que está por vir, a verdade é que tanto a montadora quanto seu CEO, Elon Musk, adoram um show e isso significa que eles não fariam tanto estardalhaço por nada — o que significa que o evento merece, no mínimo, a nossa atenção.

Via: The Verge