Homem é preso e acusado de atentados contra o Google

Por Redação | 05 de Julho de 2016 às 18h35
photo_camera Info

Afirmando que o Google o estava observando, um homem foi preso pela polícia por uma série de atentados contra a sede do Google em Mountain View, nos Estados Unidos. Identificado como Raul Murillo Diaz, ele teria sido o responsável por pelo menos três ataques contra o prédio da companhia, que não deixaram vítimas, mas resultaram na destruição de um dos carros autônomos da empresa.

A situação começou em 19 de maio, quando coquetéis molotov foram atirados contra um dos veículos que realizam o mapeamento de ruas para o serviço Street View. Ele estava parado em um dos estacionamentos do Google e acabou não danificado, pois as garrafas não se quebraram diretamente nele, batendo em sua lataria e explodindo no chão.

Em 4 de junho, tiros foram ouvidos nas proximidades da sede do Google, e no dia seguinte, a polícia entrou buracos de bala em janelas e estruturas internas. Por fim, no dia 10, também durante a madrugada, um homem teria utilizado uma pistola de água carregada de gasolina para atear fogo em um dos veículos autônomos da empresa, também parados no estacionamento. O carro foi destruído completamente.

As câmeras da empresa flagraram as ações, e todos os ataques foram atribuídos a Diaz pelo fato de o mesmo veículo, de sua propriedade, ter sido usado nos três atentados. Seguranças do Google afirmaram ainda tê-lo visto outras vezes circulando o prédio da companhia. Ao ser abordado pela polícia, o acusado carregava uma bomba caseira ainda não finalizada no banco traseiro.

De acordo com os documentos registrados junto à justiça americana, Diaz, natural do estado de Oakland, admitiu a realização dos três atentados e disse ter feito isso por temer a vigilância online importa pela companhia. Agora, ele aguarda julgamento por posse ilegal de arma, incêndio criminoso e danos ao patrimônio privado, com possibilidade de encarar até 20 anos de prisão e multa de até US$ 250 mil.

Fonte: PC World

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!