Telebras assina acordo de R$ 2,1 milhões para fornecer internet à Dataprev

Por Redação | 15 de Julho de 2016 às 21h05
photo_camera Divulgação

A Telebras assinou nesta sexta-feira (15), em Brasília, um acordo com a Dataprev, empresa de tecnologia da Previdência Social, para oferecer acesso dedicado à internet e uma solução de proteção contra ataques de negação de serviço, os chamados DDoS. O contrato tem duração de 12 meses.

Este é o primeiro contrato firmado pela Telebras com um órgão da administração indireta. Segundo a empresa, trata-se de um marco porque abre espaço para a contratação da Telebras por outros órgãos semelhantes. Também sinaliza o começo de uma parceria de negócios da estatal com a Dataprev. O valor estimado do contrato é de R$ 2,1 milhões, já incluídas despesas com mão de obra, impostos, taxas e seguros.

"É um primeiro passo na direção da convergência de competências, uma diretriz que fortalece a capacidade e o papel das duas empresas no atendimento às demandas das políticas públicas e do cidadão", afirmou o presidente da Dataprev, Rodrigo Assumpção.

"Inauguramos hoje uma grande parceria. No futuro, esperamos utilizar os serviços de tecnologia da informação da Dataprev e, por meio dessa aliança, prestar serviços de qualidade e amplitude cada vez maiores para a população brasileira", disse o presidente da Telebras, Jorge Bittar. "Somos uma empresa de telecomunicações e temos nos preparado para prestar serviços de governo e atender ao Decreto 8135/13, que estabelece a necessidade de redes seguras de governo diante de todos os escândalos de violações das informações no passado. É assim, por meio dessa aliança, que poderemos prestar serviços de qualidade e amplitude cada vez melhor para a população brasileira", completou.

Para o diretor de Tecnologia e Operações da Dataprev, Daniel Darlen, o contrato representa uma evolução na prestação dos serviços de TIC da empresa. "Em nossa trajetória, precisamos contar com os melhores parceiros no uso de tecnologia. A intenção é ampliar o uso dos serviços da Telebras como parte da nossa estratégia de crescimento. Com a evolução dessa parceria, poderemos ter uma estrutura cada vez mais sólida de tecnologia da informação e telecomunicações no governo", ressaltou.

Os circuitos contratados da Telebras aumentam o nível de segurança para a disponibilidade dos sistemas que rodam nos data centers, explicou o superintendente de operações da Dataprev, Helton Moreira. Segundo ele, o acesso à internet traz integrada uma solução contra os ataques de negação de serviço, conhecidos como DDoS. "Isso significa que a operadora detecta tentativas de ataques massivos, destinados a causar sobrecarga no acesso, e as bloqueia, protegendo o tráfego das informações", disse.

Atualmente, a Dataprev conta com dois links de comunicação para internet em cada um dos três datas centers, nos quais a prevenção a ataques DDoS é feita por firewalls instalados pela própria empresa. Um desses circuitos, em cada data center, será substituído pelo da Telebras, com bandas de 500 Megabits por segundo, nos data centers de Distrito Federal (DCDF) e Rio de Janeiro (DCRJ), e com 300 Mbps no data center de São Paulo (DCSP).

Fontes: Telebras, Dataprev

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.