Taxistas protestam contra o Uber no RJ e empresa oferece desconto de R$ 20

Por Redação | 01.04.2016 às 10:31
photo_camera Divulgação

Desde a manhã desta sexta-feira (1º), dezenas de taxistas estão nas ruas do Rio de Janeiro protestando contra a operação do Uber na cidade.

Pelo menos quatro pontos na capital carioca estão sob protestos, incluindo Copacabana, São Cristóvão, Ilha do Governador e Barra da Tijuca, além de Niterói. A manifestação ocorre de maneira pacífica, mas durante alguns momentos os taxistas travaram o trânsito e bloquearam vias importantes da cidade, incluindo um dos acessos a Ilha do Governador que dá acesso ao Aeroporto Tom Jobim, o que fez com que passageiros se atrasassem e perdessem voos.

Os manifestantes também quase fecharam a Ponte Rio-Niterói, mas foram impedidos pela Polícia Rodoviária Federal. Em Copacabana, na Zona Sul, segundo a organização do movimento, cerca de 300 taxistas estavam concentrados ao logo da Avenida Atlântica, na faixa lateral junto à orla.

Os taxistas se mobilizaram pelo WhatsApp e, no decorrer do dia, prometem seguir em carreata rumo ao prédio da prefeitura, onde irão pedir para que o órgão proíba o aplicativo ou que pressione o judiciário para derrubar uma liminar que permite o funcionamento do app no município.

A liminar em questão foi emitida pela Justiça do Rio em outubro do ano passado. Na época, o prefeito Eduardo Paes sancionou o projeto de lei 122/2015, que determina multa para qualquer motorista não-autorizado caso seja pego em serviço. O Uber, por sua vez, recorreu na justiça e obteve a liminar que estipula multa de R$ 50 mil para qualquer órgão que impeça as atividades dos motoristas do app no Rio.

As principais reclamações dos taxistas são referentes à tarifa mais barata que a ferramenta cobra dos passageiros e do fato do Uber não arcar com as taxas e impostos que incidem sobre os táxis. Segundo Raphael Guedes, que é taxista há 18 anos, as manifestações contra o Uber começaram ainda na Semana Santa, quando ele e seus colegas registraram queda de 70% no movimento. "Estamos perdendo clientes para motoristas piratas", disse.

Dia de desconto

Em resposta às manifestações, a empresa anunciou que durante todo o dia haverá um desconto de R$ 20 para novas corridas, tanto no UberX quanto no UberBlack. A promoção só é válida se a viagem começar ou terminar em determinados pontos do Rio, e o abatimento pode ser aplicado apenas na primeira corrida efetuada pelo cliente.

Estes são os locais que vão permitir o desconto:

  • Estação de metrô General Osório (Ipanema)
  • Estação de metrô Sans Peña (Tijuca)
  • Estação de metrô Central do Brasil
  • Terminal Alvorada
  • Estação de trem de Madureira
  • Estação das barcas na Praça XV
  • Estação de Metrô Nova América
  • Estação de Metrô Pavuna
  • Estação das Barcas em Niterói
  • Terminal do BRT Santa Cruz
  • Terminal do BRT Campo Grande
  • Terminal do BRT Campo Grande
  • Terminal do BRT Ilha do Fundão
  • Terminal do BRT Taquara
  • Terminal do BRT Tanque
  • Terminal de Ônibus da Ribeira
  • Terminal de Ônibus do Terreirão – Recreio
  • Terminal de Ônibus Américo Ayres – Meier

De acordo com o Uber, o abatimento de R$ 20 valerá nestas regras:

  • Abra o aplicativo hoje (1 de abril de 2016)
  • Selecione entre as opções uberX e UberBLACK
  • Quando o endereço de início ou término da viagem for um dos locais acima, você ganhará R$ 20 de desconto.
  • O desconto será aplicado automaticamente para viagens que comecem OU terminem nos locais indicados acima.
  • Cada usuário tem direito a UMA viagem com desconto, no dia 1 de abril de 2016, entre 07h00 e 18h00.
  • O desconto é válido apenas para sexta-feira, 01/04/16

Fontes: Folha de São Paulo, G1 (1, 2), Uber