Sundar Pichai: conheça o CEO do "novo Google”

Por Redação | 11.08.2015 às 15:50

Na última segunda-feira (10), o Google anunciou a criação de uma holding chamada Alphabet, que vai comandar todas as suas principais operações. Isso quer dizer que o Google será o maior braço dessa nova empresa e isso implicou em uma dança das cadeiras onde diversos executivos do alto escalão assumiram novos postos. Com essa reestruturação, o indiano Sundar Pichai ficou com o cargo de CEO do Google. Mas quem é Pichai?

Com 43 anos de idade, o executivo nascido em Tamil Nadu, na Índia possui bacharelado pelo Instituto Indiano de Tecnologia Kharagpur, um mestrado pela Universidade de Stanford e um MBA pela Wharton School, da Universidade da Pensilvânia.

Desde que entrou para o Google em 2004, Pichai teve uma ascensão meteórica na empresa e, de acordo com Larry Page, o presidente do Google, ele foi a escolha natural para liderar a empresa após essa grande mudança.

Sua trajetória inclui diversos postos de comando no Google, entre eles a liderança da criação do Google Toolbar, presente em navegadores como Firefox e Internet Explorer. A decisão por encerrar o GDrive e criar o Google Drive também passou pelas mãos do executivo, bem como a gestão da divisão Google Apps e Android – onde conseguiu encerrar uma briga com a Samsung sobre a interface do Android.

Em outubro de 2014, Larry Page disse ter encontrado um líder capaz de manter suas direções bem definidas para os próximos anos e nomeou Pichai como diretor de produtos do Google. A partir de então, o indiano passou a dirigir vários produtos, como a plataforma de pesquisas, o Maps, o Google+, além do comércio, publicidade de produtos, infraestrutura, Android, Chrome e Google Apps. Na ocasião, executivos que lideravam cada uma dessas áreas de produtos passaram a se reportar diretamente a Pichai, em vez de Page.

O nome de Pichai é conhecido no mercado de tecnologia, tanto que ele já despertou interesse de empresas como Twitter e Microsoft – há quem diga que seu nome surgiu na lista de possíveis CEOs da empresa de Redmond durante a substituição de Steve Ballmer. Ele também parece ser muito querido entre os companheiros de trabalho. "Eu desafio você a encontrar qualquer pessoa no Google que não goste de Sundar ou que pense que Sundar é um idiota", disse Caesar Sengupta, um vice-presidente sênior que trabalhou com Pichai durante oito anos.

Se tudo isso não for o suficiente para acreditar que o Google fez uma boa escolha, saiba também que Sundar Pichai já foi previamente descrito como o "homem mais poderoso do mercado mobile" e como o "homem por trás dos produtos mais importantes do Google".

Saiba mais sobre a Alphabet e a nova fase do Google:

Com informações do The Guardian e CNN Money