Startup brasileira lançará framework de código aberto para criação de chat bots

Por Rafael Romer | 16 de Dezembro de 2016 às 14h52
photo_camera Reprodução

Focada no desenvolvimento de bots conversacionais baseados em inteligência artificial, a startup paulistana Nama abrirá parte de seu código para a criação de uma ferramenta open source para ajudar empresas a construírem seus próprios bots inteligentes.

Apelidado de NAIL (Nama Artificial Intelligence Language), o framework já está sendo trabalhado com alguns parceiros da empresa para testes, mas deverá ser lançado oficialmente no ano que vem.

Além de conter a API de compreensão de linguagem natural da Nama, a ferramenta permitirá que os bots criados sejam conectados a serviços populares de mensageria instantânea, como Facebook Messenger, SMS, Telegram e Web. Suporte a serviços como Slack e Skype também deverão ser lançados no futuro.

"É voltado para o desenvolvedor web que tem interesse em inteligência artificial, mas acha muito difícil começar", explicou Rodrigo Scotti, CEO da Nama, durante a FITIC 2016. "Nosso foco é o desenvolvedor que quer testar o modelo, fazer alguns treinamentos, mas não é um cientista de dados".

De acordo com Scotti, a longo prazo, o lançamento da ferramenta também deverá ajudar na fomentação do ecossistema nacional de chat bots, o que futuramente deve aumentar o potencial do mercado para a Nama monetizar suas APIs.

A tecnologia é a mesma por trás do chat bot que a empresa está desenvolvendo atualmente para o Poupatempo, após ter sido selecionada em maio deste ano pelo programa Pitch Gov SP - focado na seleção de empresas de tecnologia que possam contribuir com a melhora de serviços públicos.

O bot do Poupatempo deverá ser liberado em modo beta a partir da semana que vem e ajudará o órgão no atendimento de clientes através do Facebook Messenger usando o assistente de inteligência artificial capaz de compreender linguagem natural.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.