Sony Xperia Z5 Premium utiliza resolução 4K apenas na reprodução de mídia

Por Redação | 15 de Setembro de 2015 às 15h44

Ao lançar o Xperia Z5 Premium, a Sony se tornou a primeira fabricante de smartphones a levar a tecnologia 4K para a tela dos seus dispositivos, um feito impressionante que coloca 8 milhões de pixels em um display de apenas 5,5 polegadas. Enquanto o gadget da Sony tem 880 ppi, o Samsung Galaxy S6, por exemplo, possui 557 ppi.

Na teoria é tudo maravilhoso, mas algumas pessoas que puderam analisar o aparelho notaram que ele nem sempre executa a resolução de tela nativa, especialmente quando se trata da interface do Android. Após muitas especulações sobre a execução em Full HD e não 4K em determinadas partes do sistema, a Sony resolveu se manifestar oficialmente sobre o assunto e explicar por que a empresa usou o conceito "4K sob demanda" no Xperia Z5 Premium.

A empresa explica que a resolução 4K do smartphone é, de fato, reservada apenas para conteúdos de imagem e vídeo que podem usufruir dos benefícios. Todos os outros conteúdos são processados numa resolução de 1080p ou inferior, a fim de preservar a vida da bateria e otimizar o desempenho do aparelho.

É claro que isso faz muito sentido, uma vez que os benefícios oferecidos pelo 4K nas tarefas diárias de um smartphone provavelmente não valem a pressão extra sobre os componentes de processamento do gadget. Em suma, os smartphones ainda não estão prontos para suportar a resolução 4K no uso diário, antes de tudo é preciso que o hardware evolua a ponto de lidar tranquilamente com a resolução sem sobrecargas.

Essa não é a primeira vez que a Sony precisa vir a público para "explicar melhor" o uso de seus smartphones. Recentemente, a empresa fez uma alteração extremamente controversa na sua postura em relação aos seus telefones à prova d'água e a ordem agora é que eles não devem ser utilizados submersos no líquido.

Veja também:

Via Engadget