Sony fechará loja digital do PSP neste mês; Vita TV será descontinuado no Japão

Por Redação | 01 de Março de 2016 às 09h00

Se a Sony mal vem dando atenção para o PlayStation Vita, não será na geração anterior do portátil que a empresa vai focar seus esforços. Depois de anos sem receber novidades, a fabricante japonesa anunciou que o PSP vai perder sua loja nativa no final deste mês. A partir do dia 31 de março, o console de bolso não terá mais acesso à PlayStation Store e os jogadores não poderão mais comprar títulos em formato digital para o sistema.

Porém, a empresa garantiu que será possível acessar suas compras antigas para fazer o download de algum título que você adquiriu anteriormente. Além disso, games que oferecem algum tipo de monetização e comércio interno continuarão funcionando sem qualquer alteração. O que muda é a venda de novos jogos, que deixa de ser feita pela Sony. Assim, se você quiser algo "novo", terá de correr atrás de versões usadas em UMD.

Desse modo, a empresa marca o fim definitivo da plataforma — algo que, na prática, já aconteceu há bem mais tempo. Ainda que fosse algo inevitável, esse encerramento da PlayStation Store do PSP não fica longe de polêmicas, sobretudo por conta de decisões anteriores da fabricante. Em 2009, a empresa lançou o PSP Go, um modelo do portátil focado na experiência digital, ou seja, sem entrada para mídias físicas. E, ao abandonar seu UMD para se concentrar somente na sua loja, a Sony criou um enorme problema.

PSP Go

É claro que, a essa altura do campeonato, praticamente ninguém mais compra um PSP, mas é certo que muitos donos do Go vão torcer o nariz para esse fim da PlayStation Store, já que ela era a única forma de conseguir novos jogos. Sem a possibilidade de adquirir usados, o console se transformou de vez no enfeite de mesa tecnológico que todo mundo já sabia que ele era.

O fim do Vita TV

E a PlayStation Store do PSP não será o único adeus planejado da Sony. A fabricante nipônica revelou ainda que vai encerrar a produção japonesa do PlayStation Vita TV, uma versão do portátil feita para ser usada como um console de mesa em uma televisão. Lançado em 2013 no país asiático, o produto chegou ao Ocidente somente no final de 2014 praticamente sem qualquer apelo entre os consumidores.

Em seu site oficial, a Sony diz que vai encerrar o envio do mini console para as lojas japonesas — ou seja, não haverá mais reabastecimento de estoque e as únicas unidades que restarão são aquelas que já estão nas prateleiras. Nada foi comentado se essa decisão também passará a valer para as demais regiões.

Vita TV

Ainda assim, o fim do Vita TV não chega a ser nenhuma surpresa. O aparelho chegou cheio de promessas, mas falhou por entregar uma experiência bastante incompleta. Por mais que fosse possível rodar jogos de Vita na tela de uma TV, nem todos os games do portátil eram compatíveis. Assim, ele acabou sendo muito mais usado como dispositivo multimídia — o que não foi o suficiente para mantê-lo atraente aos olhos do consumidor.

Assim, se a Sony decidir acabar de vez com o PlayStation Vita TV, esta será uma perda que poucos vão realmente sentir. No máximo, vai realçar o quanto a empresa segue perdida no mercado de portáteis.

Via: Engadget (2)