Sony fecha acordo com ex-funcionários e vai pagar US$ 8 milhões pelo ciberataque

Por Redação | 21 de Outubro de 2015 às 11h08

O vazamento de informações sigilosas que aconteceu na Sony Pictures no final do ano passado ainda está rendendo discussões. Agora, a produtora concordou em pagar US$ 8 milhões para dar um ponto final a um processo aberto por ex-funcionários, que afirmam terem sido prejudicados pelo ciberataque.

O acordo, que foi feito entre a unidade da Sony Corporation e atuais e antigos funcionários, foi apresentado em relatórios nesta segunda-feira (19) em um tribunal federal de Los Angeles, na Califórnia. O documento prevê o pagamento de até US$ 2,5 milhões, ou US$ 10 mil por pessoa, como indenização pelo roubo de identidades, além da quantia de mais de US$ 2 milhões, ou US$ 1 mil por pessoa, como forma de compensar pelas medidas protetoras tomadas logo após o ataque hacker.

A companhia também vai pagar a quantia de US$ 3,49 milhões para cobrir custos e taxas legais. O acordo ainda precisa passar pela aprovação do juiz distrital dos Estados Unidos, Gary Klausner.

Fonte: Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.