Sony cria série para mostrar o "Uncharted da vida real"

Por Redação | 19 de Maio de 2016 às 10h20
photo_camera Divulgação

Pegando carona no lançamento de Uncharted 4: A Thief’s End e nas excelentes críticas que o game vem recebendo, a Sony decidiu lançar uma série de vídeos inspirados naquilo que os jogadores estão acostumados a ver nos jogos, mas agora no mundo real. Afinal, quem nunca olhou incrédulo para as proezas de Nathan Drake e julgou que aquilo era impossível de ser feito? Pois a Sony decidiu mostrar que tudo aquilo é possível, sim.

Batizados de Conquer The Uncharted, os vídeos apresentam os Nathan Drakes da vida real. E o primeiro a levar essa alcunha é o britânico Leo Houlding, que aparece escalando o penhasco Jabel Rum sem qualquer tipo de equipamento de segurança. Sabe quando o herói pica pulando de aresta em aresta para cruzar um enorme paredão? Pois há quem faça isso de verdade.

E é realmente assustador ver o que ele consegue fazer. O Jabel Rum, por exemplo, é um gigantesco penhasco localizado na região da Jordânia e tem quase 350 metros de altura. E Houlding consegue superá-lo de mãos limpas. É claro que há um enorme perigo na tarefa, já que o próprio aventureiro disse que qualquer erro pode ser fatal nessa tarefa. Porém, mesmo assim, ele não se deixa intimidar pelo desafio.

É curioso como o aventureiro se compara várias vezes ao próprio Drake, descrevendo como os jogos da série Uncharted o inspiraram a ser mais e mais ousado. É óbvio que parte desse discurso vem do roteiro preparado pela Sony, mas é realmente impossível não encontrar um paralelo entre o que ele faz e o que já vimos no videogame. E isso fica ainda mais evidente quando o vídeo em si alterna imagens de Houlding sobre o Jabel Rum e cenas do jogo em si.

Desnecessário dizer que você precisa de muito treinamento e preparo para fazer algo assim — além, é claro, de alguns parafusos a menos na cabeça. Como um dos parceiros de Houlding aponta, explorar o desfiladeiro desta forma é algo arriscado até mesmo para escaladores mais experientes e até para quem utiliza equipamentos de segurança, já que o solo é bastante arenoso e qualquer ponto aparentemente seguro pode ser, na verdade, muito instável.

Via: Eurogamer