Sony anuncia primeiras TVs com Google Assistant integrada do mundo

Por Redação | 10 de Fevereiro de 2017 às 09h31

A Sony anunciou uma série de novos produtos nas primeiras horas desta sexta-feira (10). De caixas de som Bluetooth a projetores de vídeo, o que mais chamou atenção mesmo foram as novas TVs da empresa, as primeiras do mundo a contar com a Google Assistant.

Com painel OLED de até 65 polegadas, os modelos da série A1E oferecerão resolução 4K para os consumidores e vêm com uma série de recursos para convencer todo mundo que finalmente é hora de abraçar as imagens Ultra HD. Com Android TV embutida, as TVs receberão uma atualização até o fim deste ano que adicionará a assistente baseada em inteligência artificial do Google. Porém, diferente do que acontece nos smartphones quando falamos "OK Google", aqui o usuário terá de pressionar um botão no controle remoto antes de a assistente ouvir seus comandos.

Também há a opção de conectar um Google Home à TV para comandá-la sem ter de pressionar qualquer botão. Independentemente da forma que o usuário escolha interagir com o aparelho, uma barrinha aparecerá na parte inferior da tela indicando que você pode dar o comando de voz que quiser. Nesse ponto, além das perguntas rotineiras, o usuário poderá pedir à assistente que troque de canal, abra um app específico, ajuste o volume ou comece a reproduzir um conteúdo específico.

A Sony XBR-X940E é o modelo OLED topo de linha anunciado pela fabricante hoje. Principal diferencial é seu processador X1 Extreme, que analisa e ajusta brilho e contraste de cada quadro antes de ele ser exibido ao espectador
A Sony XBR-X940E é o modelo OLED topo de linha anunciado pela fabricante hoje. Principal diferencial é seu processador X1 Extreme, que analisa e ajusta brilho e contraste de cada quadro antes de ele ser exibido ao espectador (Divulgação: Sony)

Além desse pioneirismo todo, as novas TVs da Sony têm uma característica bastante peculiar -- e também inédita. Ao invés de reservar um espaço específico para os alto-falantes na frente do aparelho, a fabricante japonesa preferiu usar a própria tela como alto-falante. E isso é possível graças à tecnologia Planar, também conhecida como superfície plana de projeção de som, que instala as caixas de som coladas na parte de trás do painel do aparelho.

E aproveitando que estamos falando do painel, quem já viu as novas TVs em ação diz que praticamente não há borrões na imagem -- um problema recorrente nos modelos atuais de 50 polegadas para cima. O mérito disso é do processador topo de linha X1 Extreme que a Sony trouxe dos modelos Z9D para a linha A1E. Ele é capaz de executar análises detalhadas e ajustar automaticamente os níveis de contraste e brilho de cada quadro exibido pela tela, reduzindo a sensação de que estamos vendo fantasmas na tela a todo momento.

Tecnologia Planar dispensa a instalação de alto-falantes na parte da frente da TV e os coloca junto à parte traseira do painel, responsável por propagar o áudio
Tecnologia Planar dispensa a instalação de alto-falantes na parte da frente da TV e os coloca junto à parte traseira do painel, responsável por propagar o áudio (Divulgação: Sony)

Obviamente, toda essa tecnologia não deve custar barato, mas a Sony fez questão de ainda não revelar quanto que as novas TVs vão custar. Nossa aposta é que nem tão cedo conseguiremos comprar uma, mas vamos manter o pensamento positivo, né?

Novas TVs LED e LCD

Além dos novos modelos OLED 4K, a Sony também anunciou modelos melhorados da linha E, composta por painéis LED e LCD. Aqui a fabricante mexeu em praticamente todos os modelos, desde os 800E mais básicos até os topo de linha 930E e 940E para que eles ofereçam brilho, contraste e acuidade melhores.

São melhorias que podem ser atribuídas aos novos processadores instalados pela Sony nos televisores. Apesar de apenas o 940E receber o X1 Extreme e os demais uma versão mais antiga do X1, é um upgrade considerável para as opções mais baratas e que estão ao alcance de uma maior parte da população.

Nos Estados Unidos, os modelos melhorados chegarão às prateleiras custando a partir de US$ 1 mil com tela de 42,5 polegadas, enquanto o mais caro, da série 940E, custará US$ 7.500.

Outros lançamentos

Além das televisões, a Sony aproveitou a oportunidade para anunciar um leque de novos produtos. É o caso, por exemplo, da caixa de som portátil Extra Bass SRS Bluetooth. Com níveis de médio mais baixos que os concorrentes, a caixinha é a opção perfeita para quem quer agitar uma festinha com música eletrônica e pop em casa, mas não tão atrativa para quem curte uma pegada mais clássica. Em três tamanhos diferentes, as caixinhas acústicas wireless custam de US$ 60 a US$ 250.

Nova caixa acústica wireless da Sony vem em três opções de tamanho e custa de US$ 60 a US$ 250
Nova caixa acústica wireless da Sony vem em três opções de tamanho e custa de US$ 60 a US$ 250 (Divulgação: Sony)

Outro anúncio feito pela fabricante japonesa foi o Blu-ray player UBP-X800 Ultra HD. Com suporte a HDR, o aparelho é ideal para quem já está imerso nessa nova onda de qualidade de imagem. O aparelho já está em pré-venda por US$ 299 nos Estados Unidos.

Para fechar a rodada de lançamentos, a Sony também anunciou o VPL-VZ1000ES, um projetor de vídeo mais em conta, mas tão bom quanto, que o topo de linha VPL-GTZ1. Graças à sua lente, ele é capaz de projetar imagens com qualidade incrível em telas de até 120 polegadas. O grande problema é que mesmo custando metade do seu antecessor o novo projetor ainda é salgado: US$ 25 mil.

Fonte: TechHive, Wired

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.