Componentes do iPhone SE custam aproximadamente R$ 575

Por Redação | 04 de Abril de 2016 às 15h54

Você já pensou no quanto é gasto em cada peça do seu celular e como isso impacta no preço final do aparelho? Aqui no Brasil, você provavelmente deve achar que as partes dos iPhones custam umas boas centenas de dólares, mas segundo o IHS iSuppli, os componentes de um iPhone são até baratos.

Toda vez que um novo celular da Apple é lançado, o site desmonta o modelo para estimar quanto custa a montagem do aparelho. A bola da vez é o iPhone SE de 16 GB. De acordo com o IHS, os materiais utilizados para montar o dispositivo saem por volta de US$ 156,20, arredondados para US$ 160, o equivalente a cerca de R$ 575. Para a versão de 64 GB do SE, o IHS iSuppli estima que há apenas um custo adicional de US$ 89, uma vez que não é muito caro fazer um upgrade de memória.

De acordo com os especialistas do site, o preço final do iPhone SE é relativamente baixo, considerando a quantidade expressiva de partes feitas para iPhone 5s, 6 e 6s, que são utilizadas no novo modelo. Nos Estados Unidos, o SE tem o preço de início em US$ 399 (cerca de R$ 1.435).

Sobre as partes utilizadas no celular, o display feito de Gorilla Glass é uma das caras, custando US$ 20. Na época em que este componente foi utilizado no iPhone 5s, ele custava mais do que o dobro, saindo por US$ 199 (ou por US$ 236 no caso do iPhone 6s).

Para fazer essa conta de quanto cada peça custa, o site estima o preço potencial de cada componente sem levar em consideração outras questões como pesquisa, desenvolvimento, marketing, software e distribuição; então, embora sejam interessantes os resultados da avaliação, não é possível saber o quanto a Apple lucra com a venda do celular.

No passado, o CEO da Apple, Tim Cook, disse que essas estimativas feitas ao abrir os celulares são imprecisas e distantes da realidade. De qualquer modo, ainda não há data para o novo celular da Apple chegar ao Brasil.

Via Mac Rumors