Samsung prevê primeiro aumento de lucros trimestrais em 2 anos

Por Redação | 07 de Outubro de 2015 às 11h35

As coisas não andam muito boas para a Samsung. Apesar da empresa ser a maior fabricante de smartphones do mundo, o título não se traduz em tanto sucesso financeiro assim. Há 2 anos tudo começou a desandar e o maior revés desde então foi a queda de 60% nos lucros no terceiro trimestre fiscal do ano passado.

As razões para os problemas da fabricante sul-coreana são várias. Primeiro, a concorrência acirrada de fabricantes menores nos setores intermediários e de baixo custo; segundo, a Apple com as vendas esmagadoras de iPhones no segmento high-end; e, por fim, a falta de inovação da empresa ao lançar seus novos topos de linha, sendo o Galaxy S5 o maior fiasco de todos.

Depois do baque, a empresa voltou para a mesa de desenho e no início do ano lançou os modelos Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge com design finalmente atrativo, o que chamou a atenção dos consumidores. Completando o ciclo, mais recentemente foram anunciados os belíssimos Galaxy Note 5 e Galaxy S6 Edge+, que também cativaram os fãs.

Agora, finalmente parece os esforços da Samsung em melhorar sua linha de produtos está dando resultado. Contrariando o que havia sido previsto anteriormente, a empresa diz que a expectativa é que os lucros aumentem pela primeira vez em 7 trimestres. As estimativas são de que o trimestre feche com lucro de US$ 6,27 bilhões no terceiro trimestre fiscal deste ano e um faturamento de US$ 43,8 bilhões. No mesmo período do ano anterior, o lucro líquido foi de meros US$ 3,5 bilhões, o que significa um aumento de 78% ano a ano. No final de setembro, analistas de mercado previram um lucro líquido de US$ 4,5 bilhões e um faturamento de US$ 42 bilhões. Desta maneira, a empresa deve superar de longe as expectativas de mercado.

Com o período de vendas de fim de ano se aproximando, a briga vai ser feia entre Apple, Samsung e outros fabricantes de peso, já que nesta época as vendas recebem um reforço, principalmente nos EUA e Europa. Assim, será interessante ver como a empresa se sairá no próximo período fiscal.

Os dados ainda são estimativas e teremos que esperar até o final do mês para saber os números exatos, que é quando os resultados financeiros estarão compilados em sua totalidade.

Via The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.