Samsung pode levar fábricas de eletrodomésticos para os EUA

Por Redação | 02 de Fevereiro de 2017 às 18h37

As novas políticas de Donald Trump após assumir o governo dos Estados Unidos já começaram a surtir efeito. E para minimizar os impactos em impostos de importação, a sul-coreana Samsung estaria cogitando abrir uma fábrica nos Estados Unidos.

Apesar de pensarmos primeiramente no setor de smartphones e eletrônicos, pelo menos em um primeiro momento, a manobra da coreana estaria relacionada a fábricas voltadas à sua divisão de eletrodomésticos, afirmam fontes familiarizadas com a empresa.

Não se sabe, no entanto, nada a respeito de como nem quando a empresa pretende investir em novas fábricas em solo americano. A fonte revelou que não poderia dar mais informações e exigiu que não fosse identificada.

Questionada, a Samsung evitou comentar quaisquer planos relacionados às novas leis do presidente americano, mas revelou que, no passado, investiu fortemente no país. Apenas em sua fábrica de chips em Austin, Texas, a companhia injetou US$ 17 bilhões.

"Continuamos a avaliar as novas necessidades de investimento nos EUA que possam nos ajudar a melhor servir nossos clientes", afirmou a companhia à agência Thomson Reuters por email.

Fonte: Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.