Samsung irá fabricar robôs para substituir trabalhadores humanos

Por Redação | 20 de Outubro de 2015 às 14h43
Tudo sobre

Samsung

A Samsung recebeu um investimento de milhões de dólares do governo sul-coreano para desenvolver robôs que ajudarão no trabalho de fabricação de produtos. Esta é uma maneira encontrada pelo governo da Coreia do Sul para competir com o trabalho humano barato da China. A Samsung está encarregada de construir redutores, motores, controladores e codificadores de sensores necessários para trazer os robôs para o mercado.

O plano é que tais robôs possam ajudar na fabricação de produtos, como smartphones, que atualmente exigem bastante precisão humana. O ministro de Troca, Indústria e Energia da Coreia do Sul reservou cerca de US$ 14,8 milhões para ajudar a Samsung no desenvolvimento dessas máquinas. O projeto do governo está previsto para ser concluído até o final de 2018. Assim, é provável que fábricas na Coreia do Sul já possam substituir trabalhadores humanos por alguns dos novos robôs.

"Uma vez que os robôs acessíveis cheguem ao mercado e são amplamente utilizados, podem levar à criação de 'fábricas inteligentes' e trazer profundas inovações para o setor manufatureiro", segundo disse o governo local em um comunicado. Atualmente, os robôs são responsáveis por cerca de 10% do processo de fabricação. Este número deverá aumentar para 20% até o ano de 2025.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Samsung não é a única empresa que trabalha nesta área. A rival Foxconn tem uma ampla experiência em seu próprio programa de implementação de robôs em suas instalações. Por volta do final de 2012, a Foxconn já havia iniciado testes de um programa para substituir trabalhadores humanos por robôs na construção dos iPhones. Embora a maioria do trabalho ainda seja realizada por humanos, a tendência é que as fábricas adotem cada vez mais a força de trabalho robótica, dispensando a precisão humana.

Fonte: Cult of Android

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.