Samsung garante que terá um Galaxy Note 8, melhor e mais seguro

Por Redação | 23 de Janeiro de 2017 às 17h37
photo_camera Divulgação

"Eu vou trazer um melhor, mais seguro e muito inovador Note 8". Esta frase é do chefe da divisão mobile da Samsung, D.J. Koh, garantindo que a fabricante sul-coreana não desistirá da linha, mesmo após o vexame causado pelos problemas e explosões do Galaxy Note 7.

Segundo o executivo, mesmo com todos os esforços da companhia em recuperar a confiança do consumidor, a empresa não pretende abandonar a marca Note. Entretanto, a companhia terá um caminho árduo para isso.

Primeiramente, a empresa terá que voltar com tudo ao mercado com o seu próximo top de linha, o Samsung S8, previsto para chegar ao mercado em abril, segundo rumores. De acordo com Koh, este será o parâmetro para medir como a empresa está com o público. Além disso, ele acredita que a linha ainda tem uma base fiel de compradores.

"Nós descobrimos durante o processo de investigação (dos problemas do Note 7), que existem muitos consumidores leais da linha Note", declarou o executivo, afirmando que a perda foi espalhada sobre diversas linhas, do que exatamente em um único produto.

Atualmente, 96% dos compradores do Note 7 retornaram suas unidades - foram mais de 2 milhões de dispositivos vendidos - o que mostra que ainda existem pessoas em posse do aparelho. A companhia divulgou neste domingo (22) as razões para os problemas, decorrentes de má instalação e composição de suas baterias.

Segundo analistas, a Samsung ainda conta com uma grande base de consumidores do Note 4 e Note 5, interessados em atualizar para uma versão mais avançada da linha. Neste caso, se uma versão segura e poderosa do Note 8 chegar ao mercado, a Samsung pode facilmente vender seus produtos.

Fonte: CNET

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.