Samsung é considerada culpada em escândalo de suborno, e mercado não se importa

Por Redação | 07 de Março de 2017 às 08h16

O Gabinete Especial da Promotoria de Justiça da Coreia do Sul concluiu nesta segunda-feira (06) as investigações sobre o escândalo de corrupção e suborno envolvendo a presidente do país Park Geun-hye, um de seus amigos Choi Soon-sil e o Grupo Samsung. E, de acordo com o promotor Park Young-soo, todas as partes do caso são culpadas.

O escândalo vem se arrastando por meses, com a presidente do país sendo acusada de ter recebido suborno do chefão da Samsung, Lee Jae-yong, em troca de apoio político na fusão de duas subsidiárias da Samsung em 2015. O intuito do executivo, que foi preso há pouco mais de duas semanas, era expandir a influência e o controle de sua família sobre o grupo, que, apesar de ser uma das maiores empresas do mundo, é essencialmente familiar.

Para isso, foi comprovado que Lee pagou mais de US$ 37 milhões para organizações e negócios apoiados pela chefe do governo, além de financiar uma carreira no hipismo para a filha de Choi, que também foi presa na Dinamarca a pedido das autoridades sul-coreanas.

Impedida de governar pela Justiça do país, Park Geun-hye agora será investigada pela Corte Constitucional do país, que deve rever seu impeachment e muito provavelmente deve acusá-la de suborno.

Todas as partes envolvidas no caso contestaram a conclusão das investigações e disseram que vão recorrer. A Samsung insiste em dizer que não pagou qualquer tipo de propina ou deu contribuições de quaisquer espécies em troca de favores. Detido há mais de duas semanas, Lee Jae-yong deve ir a julgamento até o fim desta semana.

Reação do mercado

O mais curioso de tudo isso é que o mercado financeiro parece estar pouco se lixando para toda a polêmica envolvendo a Samsung. Tanto é que os investidores continuam injetando valores astronômicos na fabricante sul-coreana e empurrando o valor de suas ações para as alturas.

Nesta terça-feira (07) os papéis bateram recorde atingindo seu maior valor da história: US$ 1.752. É uma demonstração clara de que, apesar de tudo, os investidores continuam acreditando nos negócios da Samsung e estão dispostos a fazer deste o ano da Samsung.

Fonte: SamMobile (1) (2)

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!