Samsung consegue o maior lucro trimestral dos últimos 2 anos

Por Redação | 07.07.2016 às 10:42

A sul-coreana Samsung divulgou nesta quinta-feira (07) seu lucro operacional do segundo trimestre, apresentando um crescimento de 17,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. Este é o melhor resultado da empresa de tecnologia em mais de 2 anos. As vendas do Galaxy S7 foram as principais responsáveis pelo crescimento. A empresa também divulgou que a receita para o trimestre aumentou 3%, para US$ 43,5 bilhões.

Entre os meses de abril e junho, a fabricante de smartphones conseguiu um lucro de US$ 7 bilhões, mais do que a previsão de US$ 6,7 bilhões apontada em uma pesquisa da Thomson Reuters com 16 analistas. Este lucro foi o maior desde os US$ 7,3 bilhões reportados no primeiro trimestre de 2014. A divisão de smartphones foi a grande responsável pelo crescimento, mostrando que a empresa asiática já consegue se manter forte mesmo com a concorrência da Apple e das rivais chinesas que vendem aparelhos com preços mais baixos.

"Neste ponto, parece pouco provável que veremos dispositivos concorrentes mais fortes nos emergentes (no segundo semestre)", disse o gestor de fundos da IBK Asset Management, Kim Hyun-soo. De acordo com Kim, nem os novos iPhones, que serão lançados por volta de setembro, oferecem risco para os lucros da Samsung. Com o anúncio do crescimento nos lucros operacionais, as ações da Samsung subiram cerca de 1,7%.

A pesquisa da Thomson Reuters mostrou que a divisão móvel da empresa teria apresentado um crescimento de 54,5%, para US$ 3,7 bilhões, o maior desde o segundo trimestre de 2014. As vendas do Galaxy S7 provavelmente irão diminuir no segundo semestre, mas Kim acredita que a fabricante deve ser capaz de manter o lucro trimestral entre US$ 6 bilhões e US$ 6,9 bilhões para o restante do ano graças ao seu negócio de chips e o lançamento da próxima geração do Galaxy Note.

Os lucros apresentados pela Samsung marcam a recuperação da empresa no mercado de smartphones, tendo em vista que a Apple havia se aproveitado dos fracos resultados da empresa e aumentou sua participação de mercado com o iPhone 6. Empresas chinesas como a Huawei também ganharam espaço no mercado. No entanto, as coisas mudaram. O sucesso de vendas do Galaxy S7 trouxe novamente bons números para a Samsung. Olhando para o futuro, alguns investidores continuam céticos quanto às perspectivas de longo prazo da asiática no segmento de smartphones, tendo em vista a desaceleração do mercado global.

Via Reuters