Samsung anuncia sua nova linha de TVs QLED em evento global em Paris

Por Adriano Ponte | 14 de Março de 2017 às 16h51
photo_camera Digitals Mind

Nesta terça-feira (14), a Samsung realizou no Carrousel du Louvre, em Paris, um grande evento para anunciar updates em sua linha de televisores, sendo uma novidade "quase experimental" a abertura dos anúncios.

Logo no início das apresentações, a sul-coreana mostrou o porquê de sua escolha do Museu do Louvre para o evento, introduzindo a "The Frame", um modelo de televisor criado para ser uma obra de arte no ambiente. Parece que o monstro saiu da CES, e agora avança com força como produto que, de fato, chega ao mercado europeu e americano nos próximos meses.

Para quem não se lembra, esse modelo traz moldura de quadro e aspecto não intrusivo, assim o The Frame passa desapercebido entre quadros de verdade.

Foto: Adriano Pontes (Canaltech))

Com dois televisores numa parede de demonstração claramente trabalhando de forma normal, fica quase impossível notar que à volta deles existem modelos The Frame em modo "quadro", exibindo obras de arte no ambiente.

Nesse modo não intrusivo, o The Frame exibe imagens de arte certificada pela própria fabricante, suprindo a demanda de clientes que buscavam integração com a casa nos momentos em que o televisor ocupa um enorme espaço preto e vítreo na parede, criando uma zona morta nos seus períodos de não uso.

Para que a imagem seja convincente, o The Frame conta com sensores que medem o ambiente em tempo real para certificar que a imagem seja o mais próximo possível de um quadro de verdade.

Bônus: o televisor não mostra distorção de ângulo de visão, tendo em suas versões de 55" e 65" representações convincentes de quadros quando não usadas de forma ativa.

Segundo a empresa, novas versões ainda virão, tal como a empresa costuma apontar para suas próprias novidades.

Linha QLED

Ignorar que todo ano alguma TV nova aparece com alguma coisa que é melhor na versão passada faz parte do bom entendimento do que a Samsung tentou explicar na sua apresentação. Não foi batido na tecla de que "havia mais 4k e HDR" aqui e ali. Aparentemente, o foco da linha QLED é trazer a melhor imagem, porém não com esse foco.

A percepção da linha QLED para o consumidor é a UX, ou "user experience". Seus suportes são desenhados para que a TV possa ser colocada na parede com um simples gesto de pendurar, por exemplo. Os controles de integração da TV com outros aparelhos foram melhorados, garantindo mais integração e controle direto de outros aparelhos apenas pelo controle inteligente da televisão.

Daí vem a questão que gira sobre a novidade: o HUB da Samsung que já conhecemos, onde você deixa todas as conexões HDMI e afins conectadas, sendo um único cabo que vai em direção ao televisor. Nada demais, porém o cabo agora é invisível.

QLED significa levar num cabo óptico todas as conexões de entrada da TV de um local oculto (como o interior de um móvel) para a TV sem sinal aparente de cabos. Dessa forma, a Samsung tenta mostrar uma linha de TVs que apesar das melhorias técnicas bate com o estilo de vida, segundo suas próprias apresentações.

As TVs com tecnologia QLED (com tamanhos que vão de 55" a 88") e seus acessórios chegam no mercado nos próximos meses, com tamanhos diferentes e modelos planos/curvos convivendo lado a lado.

Foto: Adriano Pontes (Canaltech)

Fique ligado aqui no Canaltech para mais novidades.

*O repórter viajou para Paris a convite da Samsung.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.