Responsável pelo MacBook e iPad está à frente do Apple Car

Por Redação | 25 de Julho de 2016 às 15h15

O Apple Car, como é chamado, é um dos maiores projetos vindouros da empresa de Cupertino – pelo menos, até onde sabemos. E para liderar essa empreitada, nada melhor do que trazer alguém que tem experiência com produtos grandiosos. De acordo com informações ainda não confirmadas, Bob Mansfield teria sido apontado como responsável pelo Project Titan, codinome da iniciativa veicular da Maçã.

Você pode até não conhece-lo pelo nome, mas com certeza sabe de seus feitos. Na Apple desde 1999, Mansfield trabalhou ao lado de Steve Jobs e foi diretor de engenharia de hardware da empresa durante o desenvolvimento e lançamento de produtos como o MacBook Air, o iMac e o iPad.

Ele permaneceu nessa posição até 2013, quando se desligou do time de executivos, mas não da Maçã em si. Ele continuava atuando na companhia como conselheiro, além de participar de alguns projetos especiais, sendo o Apple Watch o mais recente deles. Após o lançamento do relógio, entretanto, ele teria deixado de aparecer nos escritórios da empresa, até agora.

As informações são de funcionários que trabalham no campus da companhia, em Cupertino, e afirmam que, desde o começo do mês, todos os gerentes envolvidos no Project Titan passaram a se reportar diretamente a Mansfield. Os rumores se encaixam com o vácuo de liderança no segmento automotivo, uma vez que o antigo diretor do setor, Steve Zadesky, pediu demissão no início do ano, alegando motivos pessoais.

Apesar de ser de conhecimento geral que a Apple efetivamente está trabalhando em um veículo, o Project Titan é encarado com bastante segredo mesmo dentro dos corredores da companhia. A Maçã sabe estar diante de um dos maiores desafios de sua história com a iniciativa, e estaria disposta a trabalhar com parcerias, em vez de tomar a montagem de carros com as próprias mãos. De acordo com os rumores, os primeiros produtos dessa iniciativa só devem chegar em 2019.

Sendo assim, é claro que a Apple não se pronunciou sobre o retorno de Mansfield. Ainda hoje, seu nome não aparece em sites de relações com investidores ou imprensa, onde são listados os executivos da companhia e suas atribuições.

Fonte: The Wall Street Journal

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.