Rede de shoppings começa a monitorar Wi-Fi para evitar aglomerações

Por Wagner Wakka | 19 de Maio de 2020 às 08h20

A administradora de shoppings brMalls vai passar a usar dados de conexão Wi-Fi para identificar aglomerações em seus estabelecimentos. A empresa começou a reabrir algumas unidades nas regiões Centro-Oeste e Sul do país, apesar das recomendações de isolamento para conter o avanço da COVID-19. Porém, para evitar aglomerações nos estabelecimentos, a empresa vai adotar pelo menos duas estratégias para a segurança dos visitantes.

A primeira delas é acompanhar o número de conexões Wi-Fi nos roteadores dos shoppings para identificar as áreas com mais pessoas. De forma anônima e apenas somando a quantidade de usuários, é possível criar uma “nuvem de calor” que revela os espaços com maior densidade de pessoas. 

Ao identificar uma aglomeração, um segurança é enviado para pedir que os usuários se espalhem. Ao site Mobile Time, a rede informou que esse método já está em funcionamento em shoppings reabertos em Caxias do Sul (RS) e Campo Grande (MS). Duas outras instalações nas cidades de Londrina e Maringá, no Paraná, também devem contar com sistema ao serem reabertos ainda em maio. 

Outra tecnologia que a rede deve passar a usar é o de mapeamento de temperatura corporal do visitante. Os shoppings vão contar com câmeras térmicas para registrar a temperatura de todos, incluindo lojistas. Assim, caso uma pessoa esteja com sinal de febre, será retirada para segurança das demais.

Fonte: Mobile Time

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.