iPhone 7: recursos que gostaríamos de ver no novo aparelho

Por Redação | 26.07.2016 às 15:35

Mais um ano se passou e aqui estamos novamente, a poucos meses do lançamento do novo iPhone 7. No mês passado, a Apple já anunciou algumas novidades na conferência para desenvolvedores WWDC, que cobrimos aqui no site. Hoje, o Canaltech preparou um lista especial das 11 coisas que gostaríamos de ver no novo telefone da maçã, confira!

1 - Infravermelho

infravermelho

Um recurso bastante desejado há alguns anos, se perdeu nos últimos lançamentos dos smartphones. A Samsung, por exemplo, eliminou o infravermelho dos seus aparelhos desde o Galaxy S6, o seu sucessor chegou, mas nada o recurso voltar. Mas no iPhone 7 a coisa muda de figura. Com a Apple investindo cada vez mais na Apple TV, seu gadget reprodutor de mídia, seria ótimo ter a opção de controlar o aparelho pelo smartphone.

2 - NFC mais útil

nfc

O NFC - Near Field Communication - é um meio de transmissão de dados que permite a troca de informações entre dispositivos sem a necessidade de cabos ou de internet, bastando a proximidade física entre os aparelhos para realizar o processo. Em aparelhos Android ele já está presente há algum tempo, mas no iPhone só deu as caras no iPhone 6.

Enquanto em aparelhos do robozinho ele é usado para trocar fotos, fazer backups e parear aparelhos sem fio, no iOS a tecnologia fica restrita apenas para fazer pagamentos com seu sistema financeiro, o Apple Pay. Mesmo em países que já utilizam a forma de pagamento, que não é o caso do Brasil, o recurso fica sub utilizado, deixando várias vantagens de lado.

3 - Uma Siri melhorada

Assistentes virtuais

Os assistentes ativados por voz estão evoluindo bastante, tanto a Siri, quanto o Google Now e a Cortana. Mas como geralmente ocorre com a Apple, a Siri sempre um foi um pouco mais fechada e reclusa aos aplicativos da maçã. Mas talvez o cenário esteja mudando.

A partir do iOS 10, a assistente pessoal terá mais integração com aplicativos de terceiros, como Telegram e Whatsapp, sendo possível enviar mensagem por eles apenas dando os comandos à Siri. Ainda assim, não sabemos ainda como será o funcionamento na prática. De qualquer forma, apesar dos 3 já terem melhorado bastante, sempre há espaço para novos recursos e melhorias, e esperamos que sua próxima versão esteja mais evoluída.

4 - Carregamento sem fio

carregamento sem fio

Tido como um dos recursos mais legais, tirado de filmes de ficção científica, o recurso de carregar o celular sem fio apareceu e desapareceu de vários aparelhos que utilizam Android. Na linha Galaxy da Samsung, por exemplo, o recurso está disponível desde o S4. Na LG, apareceu no LG G3, mas sumiu no G4. Alguns usuários dizem que é dispensável pois demora a recarga demora muito, outros acham uma inovação essencial.

Como é não é uma tecnologia muito nova, com certeza já melhorou bastante desde suas primeiras versões e provavelmente já baixou de preço. Seria interessante a Apple colocar em seus novos aparelhos, mesmo que tenha não seja unanimidade entre os consumidores, é inegável a praticidade e o aspecto moderno do sistema.

5 - Widgets

widgets

Uma das coisas que os usuários de Android mais gostam no sistema do Google são os Widgets. Com eles é possível personalizar de várias formas a tela inicial do aparelho. Além dos widgets normais que as próprias empresas desenvolvem para seus aplicativos, existem algumas ferramentas que permitem a criação de novos, aumentando ainda mais a personalização do telefone.

Parece que a Apple, conhecida por sua rigidez no design, está começando a mudar de ideia. No iOS 7, o painel de controle passou a oferecer opções de Wi-Fi, Bluetooth e modo avião. Na versão seguinte do sistema operacional, os widgets surgiram na Central de Notificações. Já no novo iOS 10, continuando a evolução, os widgets estarão presentes na tela de bloqueio

Se bem aceito, quem sabe o recurso não se expanda para tela inicial, dando mais liberdade aos seus donos?

6 - Resistência à água

celular à prova dágua

O número de pessoas que deixam o celular cair na privada ou na piscina é simplesmente enorme. Pensando nisso, fabricantes como Samsung, Sony e Motorola já fazem alguns de seus aparelhos resistentes à água e até a poeira, ou então pelo menos versões especiais com essas proteções. A Apple poderia pensar um pouco nos seus clientes mais desastrados e incluir essa proteção em seu próximo lançamento.

7 - Wi-Fi 802.11 ad

Com a tecnologia de som e imagem avançando cada vez mais rápido, é natural que a exigência na velocidade de transmissão cresça proporcionalmente. Pensando nisso, o Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos - IEEE - já homologou o novíssimo protocolo de rede sem fio 802.11ad, chamado de WiGig. A nova tecnologia tem por objetivo viabilizar redes milti-gigabit extremamente rápidas por operar em faixas de frequência na ordem de 60 GHz, permitindo velocidades acima de 7 Gbps. Sem dúvida seria muito bacana ver essa nova tecnologia disponível no novo aparelho da Apple.

8 - Mais opções de armazenamento

Tendo como base, novamente, a evolução da qualidade e do tamanho dos novos conteúdos de entretenimento, nada mais normal do que o aumento da necessidade de armazenamento. Atualmente os iPhones topo de linha são vendidos com 16Gb, 64Gb ou 128Gb. A versão de 16Gb é praticamente inviável, tanto as fotos quanto os aplicativos aumentaram consideravelmente de tamanho nos últimos anos, e pra piorar, a próxima versão é a de 64gb. Por que pularam a de 32gb? Esperamos que ela volte, pois se mostra uma boa relação custo/benefício.

9 - Câmera atualizada

iphone 6 camera

Melhoramentos na câmera já são de praxe das novas versões dos smartphones no geral, mas como a Apple frequentemente é lembrada na lista de melhores câmeras, é importante que ela se mantenha atualizada. Com inovações de concorrentes como o LG G5, que possui duas câmeras traseiras e ainda um módulo que melhora mais ainda a imagem e os recursos disponíveis, é importante que o novo iPhone 7 venha com melhorias para se manter entre os melhores. Rumores apontam para uma possível câmera dupla na versão maior do aparelho, o que poderia colocar o iPhone no páreo entre os aparelhos topo de linha neste segmento.

10 - Bateria de longa duração

bateria

Por anos a Apple manteve a bateria com a mesma capacidade em seus aparelhos, sempre apostando alto na ótima codificação do seu sistema operacional e no casamento perfeito dos componentes do telefone com o iOS. Mesmo assim, com tantos novos recursos e aplicativos que deixam os usuários cada vez mais grudados na telinha, é difícil manter uma boa autonomia nos aparelhos.

Empresas investem em baterias maiores, capinhas com baterias externas e até baterias extras para aqueles aparelhos que têm bateria removível. Como esse não é o caso dos iPhones, os boatos sobre o aumento da capacidade de bateria seriam muito bem vindos.

11 - Telas (ainda) maiores

Com o lançamento do iPhone 6 Plus, a Apple finalmente se rendeu às telas maiores e esqueceu o velho mantra de que 4 polegadas era o tamanho ideal. Mesmo assim, devido às grandes bordas superiores e inferiores do aparelho, seu design dificulta esse aumento de tela. Existe um nicho de mercado que acolhe bem aparelhos com telas maiores, como o Galaxy Note 5, que tem uma tela de 5,7 polegadas. Seria interessante ver o design da maçã para um smartphone desse porte, será que manteria as bordas? Haveria alguma alteração no desenho como a Asus fez com o ZenFone 3 Ultra?

É isso pessoal, enquanto o novo modelo não chega, nos resta esperar e torcer para que nossos desejos sejam atendidos.

Via: CNET