Reconhecimento facial do Galaxy S8 pode ser burlado com fotos

Por Redação | 31 de Março de 2017 às 11h39

Um dos principais diferenciais de segurança do Galaxy S8 pode acabar se tornando uma vulnerabilidade após as revelações de que o sistema de biometria pode ser facilmente burlado com o uso de uma foto. O teste aconteceu durante uma transmissão ao vivo do site Marciano Tech, que obteve sucesso ao desbloquear um aparelho utilizando apenas uma imagem.

O processo é relativamente simples, mas exigiu diversas tentativas. Uma selfie batida em proximidade foi usada, a partir da própria tela de um segundo smartphone, para liberar o dispositivo em exibição pela Samsung, após o repórter ter registrado o próprio rosto como mecanismo de liberação do aparelho.

A situação ocorreu em uma das unidades disponíveis no evento de anúncio, realizado nesta quarta-feira (29). O argumento é de que o smartphone disponível ali se trataria de uma versão não finalizada, sendo assim, ainda sem as implementações de segurança necessárias para funcionamento adequado da funcionalidade.

Por outro lado, há de se levar em conta o fato de que, no anúncio original, a Samsung ter afirmado que a função de reconhecimento facial não poderá ser usada para ações como a realização de pagamentos, apesar de servir como método para liberação das funções do smartphone. Esse seria o principal sinal de que a tecnologia ainda carece de melhorias de forma a não se tornar um problema de segurança.

A fabricante, entretanto, não se pronunciou sobre tais falhas. O Samsung Galaxy S8 chega no dia 21 de abril a mercados dos Estados Unidos e Europa, mas ainda não tem lançamento marcado para o Brasil.

Fonte: Marciano Tech, Pocket Now

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.