Receita de semicondutores crescerá 7,2% em 2017, diz Gartner

Por Redação | 26 de Janeiro de 2017 às 18h22

O Gartner divulgou seu relatório sobre o mercado de semicondutores, apontando um crescimento de receita de 1,5% em 2016 em relação ao ano passado. O faturamento total do segmento ficou em US$ 339,7 bilhões no ano passado - em 2015, a receita foi de US$ 334,8 bilhões.

Entretanto, de acordo com a consultoria, a expectativa é que em 2017 o ritmo de crescimento acelere mais, aumentando sua receita em 7,2% e chegando aos US$ 364,1 bilhões. A receita combinada dos 25 maiores vendedores de semicondutores aumentou 7,9% em relação a 2015 e representou 75,9% do mercado.

“Depois de um mau início do ano, caracterizado pela queima de estoques, a segunda metade de 2016 foi impulsionada pela reposição de estoques e pela melhoria da demanda e dos preços”, disse Adriana Blanco, analista sênior de pesquisa do Gartner.

De acordo com a analista, a receita de semicondutores para a segunda metade do ano foi muito mais forte do que a primeira metade, refletindo o fortalecimento do mercado de memória e reabastecimento contínuo do estoque, bem como a criação de inventário para o iPhone 7.

O relatório também apresentou o ranking das empresas que mais faturaram no segmento. A Intel completa seu vigésimo-quinto como a líder no mercado, com 15,9% de participação de mercado. A Samsung Electronics ficou em segundo pelo 15º ano, com 11,8% do mercado. O terceiro lugar ficou com a Qualcomm, com 4,5% do mercado.

Quanto às otimistas previsões de crescimento para os egmento, Ganesh Ramamoorthy, vice-presidente de pesquisa do Gartner, afirma que o pior já passou. “A reviravolta que começou no final do segundo trimestre de 2016 continuará a ganhar impulso e esperamos que estas condições melhoradas se mantenham ao longo de 2017”.

Se no segmento de smartphones e PC o mercado tenha sofrido um pequeno desaquecimento, a consultoria aponta que outras novidades, como a Internet das Coisas, serão gatilhos para a retomada de crescimento.

De acordo com o Gartner, o crescimento misto observado em 2016 se transformará em um crescimento mais amplo e consistente em 2017. As áreas a serem observadas em 2017 são os mercados industrial, automotivo e de armazenagem, que estão crescendo rapidamente, mas representando uma parcela menor do mercado geral.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.