QuintoAndar recebe aporte de R$ 42 milhões para expandir

Por Redação | 13 de Dezembro de 2016 às 15h00
photo_camera Divulgação

O QuintoAndar, startup que criou uma plataforma online para oferta e procura de aluguel de apartamentos, anunciou que recebeu uma nova rodada de investimentos no valor de US$ 12,6 milhões, o equivalente a R$ 42 milhões.

A segunda rodada de investimentos é liderada por um grupo de investidores do Acacia Partners, fundo baseado em Nova Iorque, e seguida por Qualcomm Ventures. A Kaszek Ventures, investidora no primeiro aporte, também participa do novo round.

Com o novo aporte, o QuintoAndar soma um total de aproximadamente R$ 70 milhões já recebidos nos últimos dois anos.

De acordo com Gabriel Braga, CEO e co-fundador da empresa, os novos incentivos serão usados especialmente para crescer o time de tecnologia da empresa e levar o QuintoAndar para outras capitais do Brasil em 2017.

"Alugar um apartamento é um processo doloroso no Brasil. Os clientes enfrentam demora, burocracia e ineficiência. As garantias locatícias são caras e inconvenientes. Nós fundamos QuintoAndar para fazer o aluguel mais simples e rápido, tanto para o inquilino quanto para o proprietário. Queremos levar essa solução para outras regiões do país", revela Braga (na foto acima, à esquerda, ao lado do co-fundador André Penha).

A empresa iniciou seu serviço em São Paulo e Campinas, mas nos últimos 60 dias iniciou suas atividades em mais seis cidades da região metropolitana da cidade de São Paulo --- São Caetano do Sul, Santo André, São Bernardo do Campo, Osasco, Guarulhos e Barueri.

A startup também ampliou seu raio de ação em regiões da capital paulista nas quais já vinha trabalhando, como zonas Sul e Leste. A chegada em novas capitais do país devem ocorrer a partir de 2017.

De acordo com dados divulgados pela própria startup, com quase zero investimento em marketing, o QuintoAndar cresce em média 25% mês a mês desde novembro de 2015. Cerca de 10 mil visitas em apartamentos foram realizadas pelo QuintoAndar em novembro de 2016. Segundo O CEO da companhia, o QuintoAndar consegue ser até 10 vezes mais rápido que as imobiliárias tradicionais.

"Os nossos clientes alugam um apartamento em 3 dias. No método antigo, esse processo chega a demorar mais de 30 dias. Somos mais rápidos porque desburocratizamos o aluguel de apartamentos, permitindo aos inquilinos e proprietários de imóveis uma experiência de auto-atendimento online muito mais segura e rápida em comparação com os métodos tradicionais de locação", comenta Braga.

A empresa afirma que mais de 2 mil corretores da cidade de São Paulo já se inscreveram para trabalhar com o QuintoAndar. Os corretores atuam como parceiros credenciados, semelhantes aos motoristas da Uber, e não são funcionários da empresa. A empresa conta atualmente com 140 funcionários, dos quais 40 são engenheiros de computação.

A cada contrato assinado, o QuintoAndar fica com o primeiro mês de aluguel e, em seguida, 8% do valor do aluguel em cada mês. Para o QuintoAndar, esse mercado promete se rentabilizar ainda mais.

O mercado de aluguéis no Brasil mobiliza cerca de R$ 200 bilhões por ano, segundo dados do IBGE. Atualmente, a porcentagem de residências alugadas no Brasil é de 18%. O mercado de aluguéis residenciais no Brasil vem crescendo duas vezes mais rápido que o mercado de vendas desde 2000.

Apoio do Google

No final do mês passado, a Quinto Andar também foi escolhida para receber apoio na terceira edição do Launchpad Accelerator, programa lançado pela empresa para impulsionar projetos selecionados para que se tornem uma referência de qualidade e sejam relevantes em escala global. A empresa foi selecionada ao lado de outras cinco startups brasileiras.

A terceira turma começa no início do próximo ano (30 de janeiro) no Launchpad Space, espaço físico em San Francisco onde desenvolvedores e startups terão treinamentos técnicos gratuitos, mentoria individual e outros cursos voltados para ajudá-los a criar seus aplicativos e startups com sucesso.

O programa inclui mentoria intensiva de engenheiros e gerentes de produto do Google, e outros mentores das principais empresas de tecnologia e venture capital do Vale do Silício. Os participantes recebem 50 mil dólares de apoio sem contrapartida do Google, 100 mil dólares de créditos para a compra de produtos Google e acesso contínuo aos experts e recursos do Google durante os 6 meses de programa.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.