Qual será o significado do “i” do iPhone?

Por Redação | 22.02.2016 às 16:30

iPhone, iPad, iPod, iMac… além de serem aparelhos eletrônicos com qualidade de ponta, todos esses produtos da Apple têm em comum o prefixo “i”. Mas qual será o real significado dessa letra como prefixo de seus nomes?

A letrinha surgiu pela primeira vez na linha de produtos da Maçã em 1998, quando o primeiro iMac foi lançado. Desde então permanece nomeando outros lançamentos, e qualquer dispositivo cujo nome comece com “i” já é automaticamente associado à Apple pelo senso comum, tamanha a identificação do prefixo com a marca.

Apesar de não constar no site oficial da companhia a explicação para o “i” dos iPhones, Steve Jobs contou o que significa o prefixo em um evento realizado há dezoito anos, no lançamento do iMac. Lá pelo minuto dezesseis do vídeo, o então CEO da Maçã explicou que o “iMac surgiu a partir do casamento entre a excitação da Internet com a simplicidade de um Macintosh”, em seguida mostrando um slide associando a letrinha “i” às palavras “internet” “individual” “instruir” “informar” e “inspirar”.

i do iMac

(Reprodução: YouTube/EverySteveJobsVideo)

Desde então, o “i” apareceu no título de outros produtos com conceitos diferentes do iMac, mas mantendo a individualidade, a inspiração e a informação como carros-chefe. E, de fato, os produtos da Apple inspiram (e muito!) não somente os usuários como todo o mercado de tecnologia.

No entanto, com a expansão da companhia para outros mercados, como o de smartwatches e reprodutores de mídia, o tão famoso prefixo “i” começou a ser deixado de lado, por não fazer mais tanto sentido quanto fez nos produtos lançados entre o final da década de 1990 e o final da década passada. Tanto que o relógio inteligente da marca foi nomeado como Apple Watch, e o set-top-box ganhou o nome de Apple TV.

Fonte: The Independent