Projeto Horizon: EMC anuncia plataforma para conteúdo de empresas digitais

Por Redação | 06 de Maio de 2015 às 08h01
photo_camera Divulgação

A EMC Corporation anunciou nesta terça-feira (5) novos produtos relacionados ao futuro do gerenciamento de conteúdo. Como parte dessa visão, foi revelado o “Projeto Horizon”, uma plataforma de conteúdo de última geração e loja de aplicativos com o objetivo de ajudar os CIOs e as empresas a impulsionar sua agenda digital, fortalecer sua vantagem competitiva e aproveitar o valor inexplorado do conteúdo dos negócios.

A loja do Projeto Horizon será administrada pela EMC e incluirá aplicativos e soluções tanto da própria EMC quanto de seus parceiros. Ofertas mais recentes do Documentum Capital Projects Express e do Documentum Life Sciences Solutions Suite também estarão disponíveis na iniciativa. Baseado no Pivotal CF, a principal PaaS corporativa equipada com Cloud Foundry, o Projeto Horizon habilita todos os fluxos de conteúdo digital. Ele traz uma abordagem exclusiva com uma mentalidade que põe em primeiro plano os dispositivos móveis e a nuvem, fornecendo uma plataforma de conteúdo “multi-tenancy” de última geração.

De acordo com a companhia, com o Horizon os clientes podem desfrutar da liberdade de inovar e consumir com base em casos de uso específicos ao conteúdo – tudo isso proporcionando novos níveis de agilidade, experiência do usuário e produtividade, aproveitando dados e lógica analítica para automatizar tarefas comuns e fornecer percepções preditivas.

“Para entender aonde estamos indo, precisamos entender de onde viemos. A EMC tem liderado o mercado de ECM nos últimos 25 anos e tem ajudado nossos clientes a transformar as empresas conectando a informação ao trabalho. Entendemos de conteúdo e ter uma estratégia completa de conteúdo é mais importante do que nunca", comenta Rohit Ghai, presidente da EMC Enterprise Content Division.

O Projeto Horizon ainda consiste na chamada Base Agile, método oferecido como plataforma de serviços compartilhados para criar aplicativos nativos na nuvem, além de um programa de inovação criado especificamente para envolver os clientes desde o início do ciclo de desenvolvimento por meio de uma rápida prototipagem visual.

Há ainda uma arquitetura modular baseada em mirosserviços para aceitar a implementação e integração contínuas, habilitando, assim, um ciclo de inovação de dias ou semanas em vez de meses ou até mesmo anos. Cada um desses módulos, ou “Tiles”, também terá um aplicativo pronto para uso e a capacidade de incorporá-lo para criar soluções montando esses blocos modulares de funcionalidades. Isso reduz o tempo de retorno do investimento e permite que os clientes usem o que precisam e paguem somente pelo que usam.

"As empresas digitais estão abandonando as soluções monolíticas. Saber como as pessoas lidarão com o conteúdo no futuro dependerá de uma revolução na forma de acessar, gerenciar e fornecer conteúdo. O Projeto Horizon ajudará essas organizações a criarem um local de trabalho digital, uma cadeia de valores digital e a trabalhar com uma mentalidade digital independentemente de onde estejam na jornada rumo à Digitalização", conclui Ghai.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!