Projeto está desenvolvendo beacon com tecnologia nacional em Campinas

Por Rafael Romer | 03 de Maio de 2016 às 13h31

Um projeto desenvolvido pela empresa especializada em soluções de identificação por radiofrequência (RFID) Taggen, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e com o CPqD, está desenvolvendo o primeiro beacon com tecnologia 100% nacional em Campinas (SP).

A iniciativa para a produção do equipamento, que detecta a proximidade de outros dispositivos para a transmissão de informações de identificação através de Bluetooth, surgiu em outubro do ano passado, após conversas entre o CPqD e a Taggen que detectaram a demanda reprimida existente no Brasil por soluções do tipo.

A expectativa é que o beacon chegue ao mercado já a partir de setembro, pela metade do preço de soluções importadas — graças à amortização do preço de produção, que será divido entre a Taggen, Embrapii e o CpqD.

"Nós vemos grandes chances de ser um projeto de sucesso por ser o primeiro nacional. São tecnologias de ponta com a missão de apoiar a indústria nacional", afirmou ao Canaltech Marcos Sanches, gerente da área de Desenvolvimento de Dispositivos e Sensores do CPqD. "Hoje as empresas precisam importar o que tem no mercado, elas não conseguem fazer a customização do produto da forma que querem, e como a América Latina não tem uma grande demanda comparada com a Ásia, por exemplo, a gente acaba ficando refém do que existe".

A ideia é que os beacons sejam lançados em duas versões: a primeira, prevista para este ano, será mais simples e utilizada para rastreabilidade de produtos em áreas como logística e marketing. A partir do ano que vem, os dispositivos deverão ser carregados também com sensores de temperatura, velocidade, pressão, altitude e luminosidade — o que deverá expandir o número de aplicações possíveis para o beacon.

Além do lançamento da solução, o projeto também foca no suporte técnico local para os beacons nacionais, o que deverá ajudar desenvolvedores a criarem novos usos para a tecnologia, que é tida como um dos grandes vetores da tendência da Internet das Coisas (IoT).

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.