Processo da Benchmark Capital contra ex-CEO da Uber é encerrado

Por Redação | 25 de Janeiro de 2018 às 17h48

A vida de Travis Kalanick acaba de ficar um pouco menos turbulenta, já que o processo da Benchmark Capital contra o ex-CEO da Uber acaba de ser encerrado. A empresa, que é uma das maiores investidoras da Uber, processou Kalanick em agosto do ano passado por fraude, sob a acusação de que o executivo teria feito um complô para tentar se manter no poder.

A Benchmark declarou, na época, que Travis estaria agindo de maneira desonesta ao tentar manipular outros membros do conselho a seu favor. O processo mencionava uma votação ocorrida em junho de 2016, que votou por aumentar o número de assentos no conselho de 8 para 11, sendo que Kalanick teria o direito de designar a quem conceder tais lugares.

Mas, nesta quinta-feira (25), um juiz rejeitou permanentemente o caso, após a Benchmark aceitar deixar o processo de lado. A principal intenção da investidora era justamente tirar Kalanick do poder da Uber, que contratou Dara Khosrowshahi como seu novo CEO em agosto de 2017.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O juiz determinou, ainda, que cada parte envolvida no processo (Benchmark, Kalanick e Uber) deverá arcar com os próprios custos, não havendo penalizações financeiras apenas para uma parte perdedora.

Fonte: ReCode

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.