Privacidade: como deixar de fornecer suas informações pessoais para o Google

Por Joyce Macedo

O Google já faz parte de nossas vidas, e isso não podemos negar. Mas nem por isso você quer que ele tenha liberdade para seguir todos os seus passos, certo? Infelizmente, a grande maioria dos serviços do gigante da web está rastreando várias informações sobre você – e esse número aumenta caso você seja usuário de um dispositivo Android.

Cortar totalmente o Google da sua rotina e desvincular todas as suas contas dele é bem difícil, mas fique calmo, pois existem outras opções menos drásticas de manter o mínimo da sua privacidade virtual. Confira algumas dicas que podem te ajudar a proteger parte das suas informações pessoais das garras do Google:

Anúncios

A grande maioria dos serviços do Google não custa nada para os seus usuários, e isso acontece porque a maior parte da renda do gigante da tecnologia deriva de anúncios publicitários. Mas para que isso funcione bem para os anunciantes, é preciso que isso chegue até os clientes. Provavelmente, ao navegar na Internet, ler seus e-mails e fazer compras on-line, você já notou esse mecanismo por meio da aparição de anúncios relacionados ao que está pesquisando ou visualizando.

Para conseguir essas informações, o Google usa cookies de rastreamento e outros métodos para criar um perfil de publicidade em torno de você a partir de suas ações. É muito difícil evitá-los durante a navegação na web, mas você pode usar a sua conta para ver algumas dessas informações.

Na página de Configurações de anúncios do Google, é possível ajustar alguns detalhes e até mesmo desativar os anúncios com base em interesses no Google. Para desativar todos os anúncios com base em interesses do Google no seu navegador, é necessário desativar duas vezes: uma para os produtos do Google ("Anúncios no Google") e outra para anúncios na Rede de Display ("Anúncios do Google na Web").

Basta procurar pelas opções "Anúncios no Google" e "Anúncios do Google na Web" e clicar nos respectivos links de "Desativar". O Google alerta que depois da desativação, você ainda visualizará anúncios, mas eles não estarão relacionados a fatores como seus interesses, visitas anteriores a outros websites ou informações demográficas.

Configurações de anúncios Google

Pesquisa

Apesar de possuir inúmeras ofertas de serviços, o principal negócio do Google ainda é a pesquisa, então esse é um ponto importante. Além de manter um registro de todas as páginas que você visita, a empresa também mantém o controle de tudo o que você digita na sua barra de pesquisa, seja no seu desktop ou no aplicativo do Google Now. No caso do Android, isso ainda inclui as pesquisas locais para encontrar aplicativos no seu aparelho.

Felizmente, o Google torna essa informação facilmente acessível por meio da página do seu histórico da conta, onde você pode optar por não salvar dados como os lugares que você frequenta, as informações dos seus dispositivos, suas pesquisas, comandos de voz, e vídeos que pesquisa ou assiste no YouTube. Você também pode desativar o histórico da web com um simples clique.

Gmail

O serviço de e-mail do Google já foi alvo de muitas especulações no que diz respeito à privacidade dos dados dos seus usuários, e a empresa alega que sempre zelou pela segurança deles. Mas é óbvio que sempre que usamos o Gmail, uma cópia de tudo o que fazemos é enviada para os servidores do gigante da web. E isso não é nada absurdo, mas simplesmente uma parte inerente do funcionamento de um serviço de e-mail.

Além desse procedimento básico, o Google também analisa o seu e-mail para lhe enviar anúncios relacionados ao conteúdo da mensagem. Se você quer evitar que isso aconteça, a única opção é desativar sua conta no Gmail e encontrar um provedor de e-mail mais seguro.

Em sua página de suporte, o próprio Google afirma que apesar de não fornecer "nenhum conteúdo de e-mail ou outras informações de identificação pessoal para os anunciante", mesmo após desativar as preferências de anúncios conforme ensinado acima, "você talvez ainda veja anúncios contextuais baseados na mensagem que está lendo além de outros anúncios relevantes".

Se você decidir mudar para um novo provedor de e-mail, o próprio Google te ajuda a configurar o encaminhamento automático para todas as novas mensagens que chegarem na sua conta do Gmail.

Localização

Você sabia que o Google rastreia todos os lugares onde você vai com o seu dispositivo Android? Sim, isso quer dizer que ele sabe todos os lugares por onde você passou desde a compra do seu smartphone ou tablet.

Não acredita nisso? Então entre nesse site usando o navegador do seu dispositivo móvel. Além de ver um mapa com suas localizações, você também verá um calendário ao lado esquerdo para escolher a data que deseja analisar.

Histórico de localização Android

Para evitar que isso aconteça, desative todos os serviços de localização de seu Android, e isso pode lhe devolver parte de sua privacidade. Também é preciso ficar atento à alguns aplicativos, como o Google Now, que tentam modificar as suas configurações de localização de uma maneira bem discreta. Fique sempre de olho aos acessos que você permite aos apps que utiliza.

Contatos

Uma das grandes vantagens da utilização de dispositivos com sistema operacional Android sempre foi o fato de conseguir transferir os seus contatos de um dispositivo para outro sem muito esforço, graças à sincronização com sua conta no Google. Naturalmente, isso significa que a empresa armazena os seus dados.

Considerando que você está salvando números de telefone, juntamente com e-mails e endereços, isso com certeza é considerado informação pessoal. Se desejar, você tem a opção de apagar um contato por vez em seu aparelho ou na nuvem, mas o recomendado é que, antes de deletá-los, você salve os contatos armazenados no seu dispositivo em um caderninho (antiquado, eu sei). Na maioria dos dispositivos Android, para exportar os contatos para um cartão, basta clicar no aplicativo "Contatos", buscar pela opção "Importar/Exportar" e, em seguida, "Exportar contatos para o cartão de memória/armazenamento"

Calendário

Assim como acontece com os Contatos, os eventos da agenda também são sincronizados com sua conta do Google. Porém, nesse caso, não é possível removê-los de sua conta sem perder o acesso completo ao Google Agenda. Mas se você tiver um aplicativo de terceiros que você prefira usar para organizar seus compromissos, você pode exportar seus calendários antes de apagar todos os seus eventos do serviço do Google.

Google+

O Google+ tem o seu próprio conjunto de preocupações relacionadas à privacidade. Como qualquer outra rede social, você precisa definir suas preferências de modo que as mensagens só sejam exibidas para as pessoas que você deseja. Você também precisa se certificar de que você não está com o serviço de localização ativado na hora de postar suas mensagens.

Escolher quem pode convidá-lo para participar de comunidades e marcá-lo em fotos também é importante, bem como definir as permissões de integração do Google+ com outros serviços da empresa, como Gmail, por exemplo. Por padrão, o Android também realiza um backup automático de suas fotos no Google+. Para desabilitar esse recurso, vá até o aplicativo de Fotos do seu dispositivo, entre no menu Configurações e procure por "Backup Automático". Clique nessa opção e certifique-se de que ela está desabilitada.

Desativar backup automático de fotos no Android

Drive

Se o Google vasculha o conteúdo dos seus arquivos salvos no Drive da mesma forma que acontece no Gmail, nós não sabemos ao certo, mas de qualquer forma, qualquer documento que você deixe nos servidores da empresa estará disponível para eles. Se você optar por se livrar de todos os documentos salvos no Drive (incluindo o conteúdo do Docs, Planilhas e Apresentações), lembre-se que mesmo que logo após enviá-los para a lixeira, eles não serão imediatamente excluídos dos servidores.

Google Play

Quando você usa a Google Play Store para instalar algum tipo de conteúdo em seu gadget, o Google fica com uma lista de tudo o que você baixou. Isso faz parte do acordo firmado entre o usuário e a empresa, mesmo que seja apenas algo implícito entre aceitações e páginas de "continuar". Infelizmente, isso acontece na maioria dos serviços na nuvem, portanto, se você não gosta dessa ideia, sua única opção é parar de usar a Google Play.

Veja também:

Fonte: MakeUseOf