Presidente da Intel está deixando a empresa

Por Redação | 02.07.2015 às 15:36

Uma das mulheres mais poderosas do mundo da tecnologia está deixando a Intel. Nesta quinta-feira (02), a empresa anunciou que sua presidente, Renée James, está abandonando o cargo para assumir uma posição de CEO em outra empresa, que não foi revelada. Ela estava na posição desde maio de 2013.

A saída, porém, não é imediata. James permanecerá exercendo suas funções até janeiro do ano que vem, período no qual ela estará em contato direto com o CEO da Intel, Brian Krzanich, e também, possivelmente, buscará seu sucessor. Hoje, ela é a segunda em comando da fabricante de chips, que passa por um momento de transição e vem tendo dificuldades no segmento mobile.

Em carta aos funcionários, James agradeceu pelo apoio e disse que a mudança serve como o novo passo em sua jornada pelo mundo empresarial. Além disso, afirmou que a empresa continua em boas mãos.

Um de seus principais feitos na diretoria da Intel foi promover a diversidade, não apenas dentro da empresa, mas também no mercado de tecnologia em si. Seu objetivo era audacioso e envolvia refletir, dentro da Intel, a mesma divisão de diversidade presente na sociedade de hoje. Isso implicaria em ter, até 2020, uma força de trabalho dividida pela metade entre homens e mulheres, além de outros objetivos percentuais relacionados a minorias como negros e hispânicos, por exemplo. O projeto conta com um investimento de US$ 300 milhões e continuará mesmo após a saída da executiva.

Além disso, James vinha sendo uma das figuras-chave nas mudanças internas da fabricante, que diante das quedas cada vez maiores nas vendas de computadores, começa a se direcionar para o mundo mobile. Apesar de seus chips não estarem tendo tanto sucesso nesse setor quanto a categoria Intel de produtos, por exemplo, a empresa continua se movimentando para ganhar força e conta com parceiros e fabricantes para colocar seus componentes em grandes dispositivos.

Fonte: Intel