Prefeitura de São Paulo diminui taxas de serviços como Uber e Cabify

Por Redação | 05 de Maio de 2017 às 18h55

Instituídas em 2016 pelo então prefeito Fernando Haddad, as taxas devidas por serviços como Uber e Cabify na cidade de São Paulo foram reduzidas nesta sexta-feira (5) pelo atual prefeito da capital paulista. Conforme medida publicada hoje no Diário Oficial do município, a taxa por quilômetro rodado só vai ser maior do que R$ 0,10 quando a companhia rodar mais de 15 mil quilômetros em uma hora.

Com isso, o limite para o aumento dobra: até então, o valor começava a subir sempre que uma empresa rodasse mais de 7,5 mil km no mesmo período. Além disso, a medida publicada nesta sexta-feira reduz de R$ 0,40 para R$ 0,36 o valor máximo da taxa reajustada. Esse valor é cobrado quando a companhia ultrapassa a cota máxima de distância rodada — este índice também foi reajustado: era de 38 mil quilômetros e passou para 78 mil quilômetros.

Mais reajustes

O prefeito João Dória também realizou outra alteração que beneficia Uber, Cabify e outras companhias do gênero. Agora, tais empresas podem rodar o equivalente a 10 mil taxistas — até então, a norma fixada por Haddad permitia que elas rodassem o equivalente a 5 mil taxistas.

Segundo relatou à época, a gestão de Fernando Haddad estipulou as regras a fim de impedir que uma empresa monopolizasse o mercado de transporte individual de passageiros.

Via IDG Now!

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.