Por que a Tesla comprou a SolarCity?

Por Redação | 10 de Agosto de 2016 às 22h43

Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, é mundialmente conhecido por seus projetos ambiciosos, mas a sua mais recente iniciativa tem gerado uma série de questionamentos. No início deste mês, a fabricante de veículos elétricos anunciou a compra da SolarCity, instaladora de painéis solares, por US$ 2,6 bilhões, mas por quê?

Apesar da fusão ser claramente positiva para Elon Musk, o Wall Street está cético quanto aos resultados do negócio, já que as ações da SolarCity caíram 60 por cento neste ano, e sua dívida é uma das maiores da indústria. Mesmo com o cenário de decréscimo, a carteira de clientes da companhia aumentou para 275.000, contra os 168.000 no ano passado. Talvez seja esta a aposta de Musk.

De qualquer forma, o objetivo da fusão é oferecer ao mercado um negócio especializado em energia limpa. Assim, a combinação das duas companhias proporcionará a oportunidade de venda de painéis solares, sistemas de baterias domésticos e de carros elétricos, centralizada em uma única marca. A ideia parece fazer sentido, pois Musk é o maior acionista da SolarCity (com 22% do negócio), e pode ter como objetivo salvar a empresa endividada.

Para as companhias, a fusão deve beneficiar, também, os consumidores, que poderão adquirir os sistemas de energia limpa por valores mais acessíveis. "Energia solar e armazenamento têm seu melhor desempenho quando são combinadas", explicaram as empresas no anúncio da negociação. Outro ponto é que a SolarCity deve auxiliar a Tesla em seu dispositivo de armazenamento de energia solar, o Powerwall, e na expansão das lojas da montadora.

Para além disso, de acordo com uma revelação de Musk à imprensa, com a união será desenvolvido um "teto solar" que promete revolucionar o setor. A ideia é que a novidade supere os atuais módulos solares nos telhados das residências, otimizando o armazenamento de energia. A expectativa é de que alguns dos produtos sejam apresentados ao público ainda neste ano, mas será que o negócio renderá bons frutos? Resta aguardar os resultados.

Fonte: Pocket-lint

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.